Dia da Mulher

Governo vai apresentar pacto para promover igualdade no mercado de trabalho

08 | 03 | 2011   18.01H

O Governo, através da secretaria de Estado da Igualdade e o Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social, vai apresentar aos parceiros sociais, patronato e sindicatos, um plano para a promoção da igualdade no mercado de trabalho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

Em declarações à agência Lusa, à margem de um almoço para assinalar o Dia Internacional da Mulher, a secretária de Estado da Igualdade revelou que vai apresentar, juntamente com a ministra do Trabalho, Helena André, no Conselho Económico de Concertação Social um plano que combata as desigualdades entre homens e mulheres no mercado de trabalho.

“Na administração pública, as desigualdades não são tão grandes como no setor empresarial e como tal é fundamental que esta estratégia da administração pública também possa ser adotada nos setores empresariais, não só do Estado, mas também no privado para que as discrepâncias salariais, que são sobretudo discrepâncias no setor empresarial, possam diminuir”, justificou.

A secretária de Estado revelou que o plano pretende também combater o desemprego feminino e promover políticas de conciliação da vida pessoal, profissional e familiar.

Elza Pais disse também que o plano não está ainda concluído, mas acredita que durante o próximo mês seja possível apresentá-lo em sede de Concertação Social.

O almoço organizado pela secretária de Estado da Igualdade para assinalar tanto o Dia Internacional da Mulher como o Ano Internacional da Juventude, que se comemora em 2011, reuniu vários jovens que se destacaram na sociedade portuguesa com o propósito de debater a igualdade de género.

Uma dessas jovens é Shad Wadi, palestiniana em Portugal a tirar um mestrado de estudos feministas defendeu que em Portugal há “imensos estereótipos sobre a mulher árabe”.

“Quando olhamos para as livrarias encontramos exemplos das mulheres vendidas, queimadas, espancadas e nunca encontramos outros exemplos de mulheres com sucesso. Costumo perguntar se conhecem empresárias, poetas, políticas, mas só têm este exemplo”, apontou.

Shad Wadi defendeu, por isso, que é importante e urgente combater as imagens estereotipadas das mulheres árabes e desafiou os presentes a procurarem conhecer a outra verdade, acrescentando que na Palestina a efeméride de hoje tem uma grande importância e é assinalada com várias manifestações, além de ser feriado.

Outro dos jovens presentes, José Filipe Sousa, presidente do Conselho Nacional de Juventude (CNJ), lembrou que atualmente a desigualdade ao nível dos direitos das mulheres se reflete tanto nos salários, como na representatividade política ou nos cargos de chefia e aproveitou para deixar uma proposta.

“Pretendemos organizar um processo de consulta aos jovens, com uma participação ativa de jovens homens e mulheres para que tenhamos uma consulta alargada e para que desse ‘think-thank’ se produzam algumas ideias para a igualdade em Portugal”, defendeu.

Saiba mais sobre:
Foto: 123RF
Governo vai apresentar pacto para promover igualdade no mercado de trabalho | © 123RF

11 comentários

  • QizMjs http://guccimenzujp.com/ - gucci InlAkw http://guccimenzujp.com/ GpeFoo http://guccimenzujp.com/グッチ-メンズ財布-c-4.html - gucci 財布 DdvLpo http://guccimenzujp.com/グッチ-レディース長財布-c-2.html - gucci バッグ NkaZtr http://guccijastore.com/ - グッチ gucci GbqNfe http://guccijastore.com/ MyhDaq http://guccijastore.com/グッチ-財布-c-2.html - gucci 財布 StpHdw http://guccijastore.com/グッチ-バッグ-c-1.html - gucci バッグ VyySii http://www.guccijpcheap.com/ - gucci HsrUnq http://www.guccijpcheap.com/グッチ-財布-c-3.html - gucci 財布 ReaMqs http://www.guccijpcheap.com/グッチ-バッグ-c-1.html - グッチ バッグ ZtvKca http://www.bootswinterjp.com/ - UGG ブーツ
    Tetainiingems | 25.12.2012 | 05.48Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Oi eu sou Scott Lee, analista, consultor, palestrante, estrategista e escritor sobre temas relacionados com tecnologia de conteúdo digital. Post interessante! 1004028A36D
    faw.com.ru | 01.08.2012 | 20.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Oi eu sou Scott Lee, analista, consultor, palestrante, estrategista e escritor sobre temas relacionados com tecnologia de conteúdo digital. Post interessante! 5206011-1H
    faw.com.ru | 01.08.2012 | 20.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Mas, nao se veem mulheres na construçao civil, nas minas do carvao, do ferro ou ate do ouro. Tambem nao se veem mulheres na madeira, a descascar e carregar o pau de eucalipto. Nunca vi mulheres pilotando avioes ou carros de F1. Quantas mulheres andam na abertursa de estradas e construçao de pontes? Etc. etc............
    Claro que as mulheres so reclamam igualdade nos cargos politicos ou nos salarios (curvo-me perante as excepçoes, porque tambem as ha), mas dai ate poder falar-se de igualdade. Quantas mulheres morreram na guerra do Vietname ou na guerra colonial portuguesa?
    Herminio | 21.07.2011 | 23.50Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Os comentários aqui apresentados são tristes e demonstram bem a discriminação existente no mundo. Igualdade, justiça, etc...são utopias somente possíveis se existir uma lobotomia a metade da população mundial. Como ser humano, agradeço a minha mãe por ter abdicado de uma boa condição de vida para me criar e dar estudos, e ao meu pai...por nada! Seguiu a sua vida e hoje tem uma belíssima reforma. Isto sim é o espelho da sociedade em que vivemos. Se a minha esposa ficar em casa, o dinheiro não chega, e não vou garantir sustenta-la ate ao final dos seus dias. Agradeço pelo trabalho que ela faz e incrimino o estado por a renumerar tão mal. Quando tiver filhos/filhas espero por um futuro de igualdade para ambos, as pessoas devem ser medidas pelo mérito próprio e não pelo género, cor ou nacionalidade.
    A todos os machistas pensem bem quem vos pôs no mundo e vos educou e quem vos ama acima de tudo.
    Economic | 20.05.2011 | 10.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • agora seus mireraveis?
    maria | 03.04.2011 | 22.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ACHAM QUE O GOVERNO VAI APRESENTAR ALGUM PACTO? ERA O APRESENTAVAS, CLARO QUE NÃO, ISSO SÃO ELAS A DIZER. QUANTO A MIM NEM NA ASSEMBLEIA DA REPUBLICA DEVIAM DE ESTAR, É QUE AQUILO QUANDO ELAS FALAM PARECE QUE ESTÃO NA PRAÇA DA RIBEIRA.NÃO HÁ PACHORRA PARA ISTO, DEVIAM ERA FICAR EM CASA A TRATASR DOS FILHOS E DEIXAR OS TRABALHOS PARA OS TRABALHOS PARA OS MARIDOS, AÍ SIM TUDO ESTARIA COMO DEVIA SER E NÃO HAVERIA TANTOS HOMENS DESEMPREGADOS.
    Lina Vieira | 03.04.2011 | 10.53Hver comentário denunciado
  • "Na administração pública, as desigualdades não são tão grandes como no setor empresarial " nos escritorios de Lisboa eu só vejo mulheres, os homens tem de ir para as obras ou minas, isto também é desigualdade que ninguem quer ver, as mulheres reclamam por isso mamam, homem que é homem não chora e quem não chora...aos poucos aos poucos as mulheres ficam com os melhores empregos e os homens com os varredores de rua...
    Charles | 09.03.2011 | 08.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este governo, diverte-se com isto.
    Há quantos anos há isso, até já existiu um Ministério com uma inútil, que gastava o dinheiro em flores.
    Só neste País com politicas destas.
    A igualdade não se decreta, faz-se.
    Onde andas as vagas da igualdade para os deficientes no Estado?
    Vejam os concursos e depois digam-me quantos desiguais entram.
    joao | 09.03.2011 | 00.42Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este gajos só fazem m... e fogo de artifício!
    Omaudafita | 08.03.2011 | 23.44Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • E de que vale se não á trabalho para elas e eles, só se tiverem o cartão do partido ou familiares de grandes ladrões xuxas
    intransigente | 08.03.2011 | 19.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE