PUBLICIDADE
Ajuda externa

Os Verdes dizem que primeiro-ministro está "desnorteado" e quer "impor à força o PEC IV"

06 | 04 | 2011   22.06H

O partido ecologista Os Verdes considerou hoje o pedido de assistência financeira à Comissão Europeia como “extraordinariamente grave”, acusando o primeiro-ministro de estar “completamente desnorteado e a querer impor à força o PEC IV”.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

“Temos um PS e um primeiro-ministro completamente desnorteado, a desnortear completamente o país e a querer no fundo aplicar à força o PEC IV que foi rejeitado em Portugal. É extraordinariamente grave”, afirmou a deputada Heloísa Apolónia, em declarações aos jornalistas no Parlamento.

Minutos antes, o primeiro-ministro tinha anunciado numa declaração ao país que o Governo português fez um pedido de assistência financeira à Comissão Europeia.

Heloísa Apolónia recusou ainda a ligação entre o chumbo do chamado PEC IV e o aumento dos juros da dívida, recordando que “quando os outros PEC foram aprovados o ‘rating’ também baixou e os juros da dívida também subiram”.

Portanto, acrescentou, “esta não é uma situação ligada ao PEC IV”.

A deputada do partido ecologista Os Verdes lembrou igualmente que já depois do ‘chumbo’ do PEC IV, o PS disse que um Governo de gestão não tinha legitimidade para pedir ajuda externa.

Posteriormente, continuou, “o primeiro-ministro já sem por em causa essa legitimidade veio dizer que não pediria ajuda externa”.

“Passados pouquíssimos dias, aquilo que o primeiro-ministro vem dizer é que nós vamos pedir ajuda externa”, concluiu.

Saiba mais sobre:

6 comentários

  • estes verdes (???) tal como os outros só pensam em votos e estão a cagar-se para o País
    pedro luis | 07.04.2011 | 11.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • AGORA COM O PEC4 MULTIPLICADO POR 4, JÁ FICAM MELHOR, CAMBADA DE IGNORANTES
    pedro luis | 07.04.2011 | 11.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este PEC é uma vergonha e um atentado à pobreza. O Sr. PM, Ministros e deputados deveriam ter vergonha de pedir mais sacrifícios aos cidadãos portugueses. Eles já roubaram do bolso dos cidadãos o que podiam e o que não podiam. Agora cabe-lhes a eles. Prescindam das ajudas de custo, os motoristas, os carros de alta cilindrada, as benesses que têm. Que optem por um só ordenado e/ou reforma e que se reformem ao 65 anos como qualquer outro cidadão. Assim como há um ordenado mínimo tem que haver um ordenado máximo. Pois é uma vergonha que o nosso ordenado mínimo seja dos mais baixos da Europa, mas os restantes são semelhantes, senão ainda superiores.
    Ana | 07.04.2011 | 10.24Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não é teoria da conspiração nenhuma que o povo sofre apenas para uma minoria poder ter luxos desmuserados, ridiculos, que somente se vivessem mais de mil anos poderiam usufruir de todo o dinheiro que possuem. Mas a ganancia levo-os a querer mais e mais. E o equilibrio entre os que mais têm e os que pouco têm aumenta de dia para dia. E a verdade é que os politicos, economistas culpam a crise mundial, por eles provocadas. Mas a crise que existe é somente para a maioria da população, cujo dinheiro sai do seu bolso e parte para aqueles que a cada dia que passa mais ricos ficam. Os grandes empresarios, banqueiros, politicos ganham cada vez mais lucros e bonus. É esse o problema, não é uma crise economica, mas uma crise de valores. Eles nunca tiveram em crise, não estão em crise e nunca irão estar, a não ser se o povo os controlar...
    Contra os ladrões marchar marcha | 07.04.2011 | 00.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Concordo plenamente com o comentário anterior, mas temo que aconteça uma de duas coisas:
    - Que o nível de corrupção seja tão elevado que até o FMI consigam subornar; - Que depois de analisada a balança encargos/proveitos de Portugal que nem o FMI consiga resolver. Como "pseudo-deputado" e para finalizar digo bem ao costume Português: Muito bem Srs. Políticos Portugueses!!!!.... Porreiro Pá.......
    Ivo SIlva | 06.04.2011 | 23.42Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • É acabar com as regalias dos politicos, com a sua imunidade parlamentar, com os lobbys, as suas ligações com as empresas privadas, os seus cargos em empresas, altos salarios, carros de luxo, grandes reformas, tornar publica as suas contas bancarias, etc, etc, O que vai acontecer depois? Muito que lá estão sairão por eles próprios, pois já não têm vantagens, pois estão lá apenas para enriquecer, e para lá irão pessoas honestas que realmente irão servir os interesses do povo e não deles mesmos e amigos.
    Contra os ladrões marchar marcha | 06.04.2011 | 22.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE