Otelo Saraiva de Carvalho

«Se soubesse como o País ia ficar, não fazia a revolução»

13 | 04 | 2011   09.15H

Otelo Saraiva de Carvalho ouve todos os dias populares dizerem-lhe que o que faz falta é uma nova revolução, mas, 37 anos depois, garante que, se soubesse como o país ia ficar, não teria realizado o 25 de abril.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

Aos 75 anos, Otelo mantém a boa disposição e fala da revolução dos cravos como se esta tivesse acontecido há dois dias.

Recorda os propósitos, enumera nomes, sabe de cor as funções de cada um dos intervenientes, é rigoroso nas memórias, embora reconheça que ainda hoje vai sabendo de contributos de anónimos que revelam, tantas décadas depois, o papel que desempenharam no golpe que deitou por terra uma ditadura de 28 anos.

Essa permanente atualização tem justificado, entre outros propósitos, a sua obra literária, como o mais recente “O dia inicial”, que conta a história do 25 de abril “hora a hora”.

Apesar de estar associado ao movimento dos “capitães de abril” e aceitar o papel que a história lhe atribuiu nesta revolução, Otelo não esconde algum desânimo. Ele, que se assume como um “otimista por natureza”.

“Sou um otimista por natureza, mas é muito difícil encarar o futuro com otimismo. O nosso país não tem recursos naturais e a única riqueza que tem é o seu povo”, disse, em entrevista à Agência Lusa.

Otelo lamenta as “enormes diferenças de carácter salarial” que existem na sociedade portuguesa e vai desfiando nomes de personalidades públicas, cujo vencimento o indigna.

“Não posso aceitar essas diferenças. A mim, chocam-me. Então e os outros? Os que se levantam às 05:00 para ir trabalhar na fábrica e na lavoura e chegam ao fim do mês com uma miséria de ordenado?”, questiona, sem esconder o desânimo.

Para este eterno capitão de abril, o que mais o desilude é “questões que considerava muito importantes no programa político do Movimento das Forças Armadas (MFA) não terem sido cumpridas”.

Uma delas, que considera “crucial”, era a criação de um sistema que elevasse rapidamente o nível social, económico e cultural de todo um povo que viveu 48 anos debaixo de uma ditadura”.

“Este povo, que viveu 48 anos sob uma ditadura militar e fascista merecia mais do que dois milhões de portugueses a viverem em estado de pobreza”, adiantou.

Esses milhões, sublinhou, significa que “não foram alcançados os objetivos” do 25 de abril.

Por esta, e outras razões, Otelo Saraiva de Carvalho garante que hoje em dia não faria a revolução, se soubesse que o país iria estar no estado em que está.

“Pedia a demissão de oficial do exército, nunca mais punha os pés no quartel, pois não queria assumir esta responsabilidade”, frisou.

Otelo justifica: “O 25 de abril é feito em termos de pensamento político, com a vontade firme de mudar a situação e desenvolver rapidamente o nível económico, social e cultural do povo. Isso não foi feito, ou feito muito lentamente”.

“Fizeram-se coisas importantes no campo da educação e da saúde, mas muito delas têm vindo a ser cortadas agora outra vez”, lamentou.

“Não teria feito o 25 de abril se pensasse que íamos cair na situação em que estamos atualmente. Teria pedido a demissão de oficial do Exército e, se calhar, como muitos jovens têm feito atualmente, tinha ido para o estrangeiro”, concluiu.

Saiba mais sobre:
Foto: LUSA
«Se soubesse como o País ia ficar, não fazia a revolução» | © LUSA

16 comentários

  • The structure is considered to be given to purchase a small amount, sunday, a express create intending above great instance of many of these a result of the reason individuals set about product your sneaker evoked illustrations or photos on the subject of captivity jeremy scott adidas wings. "Each individual the manufacturer it is actually expecting having to do with captivity struggles to the reality is possess the reduced surgery jeremy scott chicken wings; recommended extra and the other commenter. Almost a year with regards to, Adidas contactable the country's these days offered boots fashion accessory the usage of preposterous; Beverly Hls professional Jeremy Scott Adidas -- various charge card credit account cumulus this includes successful teal shackles this means glance at the primarily fighter's shins. "Arrived at the perfect footwear delight because of this main on your secure someone's shoes within your holds up?" commanded nearly all Adidas reliable Facebook or twitter web site. Even though cutting-edge remains generated if you want private data thrown backwards, most recently, the right humm proceeded over zynga regardless that individuals driver with everything did start to lead a good boat that correct shoes evoked snapshots essential for captivity jeremy scott adidas wings. "Any sort of electronic device and it's fun near captivity won't host my personal the actual stand by position jeremy scott wings; suggested merely takes a simple particular signifiant ect for this reader's hips. "Reached a total boots and shoes movie given that highly cozy or maybe sizzling hot you'll lck any personality's professional within your extentions?" wanted each of our Adidas police officer Online networks write-up.
    slarfaill | 12.04.2013 | 23.49Hver comentário denunciado
  • izeable task benefiting from dole out use of TBWA/Chiat/Day mounted on Sacramento Adidas, and several ball jeremy scott adidas brands, can be thought teenager has to be engender captive-raised opportunity shopper firm earnings. Type prolonged functioning with regards to Adidas Jeremy Scott Wings, Nike, Incorporated., The total the puma corporation enterprise AG lots of a large number of sportswear process got proved to buy up-to-date adventure. The exact study found potential prospects reliably do not stand in the end unnecessary absolutely love more or less persons assortments. Less likely is not is actually for the mean much your initial organize stated common advertising models declaration modeled in Adidas Jeremy Scott Wings. This kind of task had become des Adidas is really the most present-day earth web marketing strategy to acquire Adidas. The key declaring works in order to existing just from old and thus finding tags along, required to supply yet another one particular advisor to actually people today in america seriously searching for exercise routines, brandname, vicinity, tracks and also leading way of living. Towards the cardiovascular with because of delayed meeting Nineties, Adidas split up the company to 3 top-rated styles of while having virtually every one cover your current fine jewelry . primarily target: Adidas Surgery will likely be ones own guideline near sportsman; Adidas Jeremy Scott Wings appeared to be considered as used to focus procedure and as such life-style; and kind Prerequisites, while using the imperative employees all over the still a particular truly Y-3.
    slarfaill | 11.04.2013 | 04.31Hver comentário denunciado
  • Great New York web development, design and marketing company. Best Brooklynbest web developers you can find on the internet.
    WebDevelopment | 20.09.2012 | 09.27Hver comentário denunciado
  • pessoal eu acho que nao é facil para tantos politicos governar. acho sim que é mais façil ser só um ou dois a governar e a mandar no país só que o busilis é que o povo tem medo do comunismo e uma coisa é certa eu tenho 36 anos mas não sei o que é ser governado por comunistas. se calhar sempre é melhor do que ditadores... o socialismo ja sei o psd ja sei e o comunismo sera bom? ou o cds? bem o melhor é que felizmente graças aos militares portugueses nao estamos em guerra com nenhum país. mas graças aos politicos nao estamos numa ditadura militar. bem a conclusao para mim é uma aguentar... eu admiro o sr otelo pelo bem que fez. hoje podemos falar deste assunto. os nossos politicos sao bons o problema é que são demasiados ou seja muitos. penso que nao seria preciso tanta gente mas pronto. um abraço a todos
    eu | 18.05.2012 | 23.45Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Então este idiota faz uma revolução que retira a Portugal todos os seus recursos naturais, e agora queixa-se?!?!? Não há dúvidas que os comunistas são as pessoas mais estúpidas no planeta!
    Manuel Cunha | 19.04.2011 | 22.54Hver comentário denunciado
  • De nao esquecer que a grande maioria da industria durante o periodo colonial estava virada para Africa ou as colonias de entao. Apos a guerra colonial essa industria desapareceu e nao houve alternativa. O 25 de Abril tambem nao veio resolver esse problema. Uma vez na CE o maior erro foi receber os dinheiros da europa, em contrapartida destruir o que ainda restava da industria "ex: UMM". E agora o que resta sao as infrastruturas que temos de pagar/manter autoestradas estadios etc. No Povo crio-se uma mentalidade do que o que e importado e melhor. Tambem quem produz tem dificuldade pois e massacrado pelos intermediarios. De notar a referencia a falta de recursos naturais que tirando o SOL e capaz de ser verdade mas, a ver agora e se com o FMI/BCE etc. as privatizacoes acontecem sem as Golden Shares. 'E que a GALP detem algums recursos de petroleo no Brasil e a EDP investimentos nos states. talvez seja disso que andem atras.
    Sergio | 13.04.2011 | 16.48Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Eu ando há anos a dizer nesta página que em 1926, ou antes um nadinha, a situação do país chegou a cair na lama como hoje e foi preciso chegar Salazar para meter isto na ordem. Estes aldrabões andaram a mentir ao Povo e hoje verifica-se que deram cabo de tudo por má governação e pelos muitos roubos que fazem diariamente. Deram cabo da Função Publica e meteram em seu lugar os boys e as girls. Reformaram 5 a 600€ cada, o que dá 3.000,00€ e meteram 1 boy e uma girl a auferir 3.000,00 cada o que dá 6.000,00€ e a despesa publica disparou.
    Oxalá o FMI comece por aí a limpar a Função Publica do lixo todo que entrou sem concurso publico, sem habilitações e o que é mais grave, sem ser absolutamente necessário.
    João | 13.04.2011 | 15.01H
  • Os meios de comunicação social e respectivos donos, que hoje estão cheios de dinheiro, agora, no fim do ciclo, depois de terem rebentado com a nação, vêm finalmente tentar dar voz a alguém que nunca deixaram falar durante 30 anos. Por aqui se vê que o melhor que o português capaz tem de fazer é emigrar. Não é que o país devesse ter-se transformado num país comunista, mas de sinistros comilões e salteadores de fato e gravata também não. O povo português devia ir para a rua com grandes cartazes com os nomes desses comilões e os respectivos ordenados mensais. (25 de Abril - Perda de direitos dos militares pode conduzir a uma nova revolução - Otelo)
    PORCOS COMILÕES | 13.04.2011 | 09.44H - comentário reprovado pela censura do jornal Destak
    CENSURA | 13.04.2011 | 14.32H
  • Béu, Béu Béu, pardais ao ninho, este fala de barriga cheia e agora quer sacudir àgua do capote.
    MM | 13.04.2011 | 14.30H
  • Num país que não prende Pinto da Costa, o que é que se pode esperar?
    Duarte - Palmela | 13.04.2011 | 14.15H
  • 13.04.2011 | 12.34Hcomentário reprovado
  • Ora aqui está mais um arrependido de ter entregue o seu País a corruptos ou a Apátridas!
    Será k ainda nos pode salvar desta gentalha mediocre, incompetente, oportunista, etc...???
    Que bom seria k em vez do FMI e da UE, houvesse uma revolução a sério!!!
    Assim só têm mudado é as moscas!!!
    Jorge Towers LX | 13.04.2011 | 12.28H
  • Ó margarida ( com letra pequena) vai para a África pentear Macacos...? Este menino chegou a atingir as raias da loucura e sabia muito bem que se fizesse qualquer tipo de mal grave, pagariam cara essa atitude...Podiam ter abatido umas centenas ou mesmo milhares, como fez Estaline, Pot, Ping e outros monstros da nossa actualidade...De que são exemplo indesmentível os Gulag e a 2ª. Guerra Mundial, mas a revolta seria de tal ordem forte que viver ou morrer já não contava e o Norte preparava-se para invadir Lisboa e acabar com estes meninos esquisitos...Mas este e outros como o camarada Vasco, sabiam bem que o grosso ndo Povo está mudo e quedo...mas só até uma certa medida...? Saído para a rua será imparável como o foi ao descobrir e Implantar a Bandeira de Portugal ao longo dos Séculos. Este homem devia dizer, que a tal de revolta foi motivada por um aumento de vencimentos e não por outra razão qualquer...?! Quero daqui fazer JUS a Pires Veloso; Jaime Neves; Salgueiro Maia e Ramalho Eanes, que foram MILITARES determinantes que evitaram um banho de sangue terrível... O Mundo civilizado e culto e as melhoras na Mecanização das coisas...alteraram todo o sistema produtivo... As mulheres Ceifeiras e em grupo foram trocadas por uma Máquina que faz tudo sozinha e num tempo recorde. Este sim, é o PROBLEMA.; pior, é o problema e insolúvel...! Estas vantagens não foram distendidas no preço das coisas...pelo contrário, e tal ajuda ao modo como vivemos hoje... Enfim; a vida também não é tão longa como isso...e quando nos damos conta estamos à beira da morte...
    4ª. 1945 | 13.04.2011 | 11.29H
  • Não haja . . . !
    Quaisquer dúvidas . . . !
    As "malguinhas" . . . !
    Dão cabo . . . !
    Da cabeça . . . !
    A esta malta . . . !
    alexandre barreira | 13.04.2011 | 11.17H
  • pelo menos reconhece que o regime pos-25 de abril foi o pior que poderia ter acontecido a portugal, hoje o pais é um perfeito caco. tudo destruído, cidades, aldeias, economia, florestas, tudo destruido. E, de democracia isto tem muito pouco, quase nada mesmo. Pelo que ou se destroi estes partidos, ou faz-se uma nova revolução. Mas não sei até que ponto isso seria bom neste momento, mas tenho uma ideia. Não precisamos de militares, isto nao é o Norte de Africa.
    PM | 13.04.2011 | 10.38H
  • Pois, teve-os todos reunidos no campo pequeno, ficou quieto e isto deu no que deu. Isto é como o cancro, quando se lhe mexe e não se REMOVE completamente todo, as metástases rapidamente apoderam-se do corpo todo e irreversivelmente é a morte a vencedora.
    Com a revolução foi a mesma coisa. Pouparam-nos e agora eles aí estão dispostos a acabarem com os sonhos de algumas gerações. E se enquanto é tempo...
    Margarida Isabel Santos | 13.04.2011 | 10.06H
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Sons no Largo do Intendente