PUBLICIDADE
Cabo Verde

País quer candidatar Tarrafal a património da humanidade

16 | 04 | 2011   21.06H

O primeiro-ministro de Cabo Verde disse hoje, em Lisboa, que conta com o apoio de Portugal e de outros países lusófonos para elevar o antigo campo de concentração do Tarrafal a património mundial da humanidade.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

"Queremos contar com o contributo de Portugal, de todas as ex-colónias africanas [lusófonas] e do Brasil para podermos transformar este património de Cabo Verde, da Lusofonia, em património da humanidade. Nada melhor do que os próprios protagonistas do 25 de Abril poderem contribuir desta forma para a vivificação do espírito de abril”, afirmou José Maria Neves.

O primeiro-ministro cabo-verdiano falava aos jornalistas à margem de uma palestra que proferiu na Associação 25 de Abril, em Lisboa, subordinada ao tema "A revolução de Abril e o seu impacto no Processo Histórico de Cabo Verde".

José Maria Neves aproveitou a ocasião para falar do objetivo de Cabo Verde de candidatar o ex-campo de concentração do Tarrafal, situado no norte da ilha de Santiago, a património mundial da humanidade.

"A preservação do Tarrafal, que é um espaço de dominação, é também um hino à liberdade. Para mantermos firme o espírito de abril é fundamental que o Tarrafal seja património da humanidade", explicou.

O Tarrafal, também conhecido por "campo da morte lenta", foi formalmente instituído pelo regime da ditadura portuguesa, a 23 de abril de 1936, sob a designação de colónia penal de Cabo Verde.

Este campo recebeu, numa primeira fase, até 1954, arbitrariamente e sem qualquer direito de defesa, 340 presos políticos que lutavam contra o Estado Novo.

O antigo campo de concentração foi definitivamente encerrado a 01 de Maio de 1974.

Saiba mais sobre:

13 comentários

  • Seria bom
    pedro varela | 25.04.2011 | 22.38Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O EIXO DO MAL...~~~Gesticulismos~~~~~~~~~~~~o BARBICHAS E A LOIRA QUE HOJE É AZEVICHE... enojam-me mais vezes que me convencem... Eles são o exemplo do que se passa em Portugal... ~~~~~~~~~~~~~~~~ http://videos.sapo.pt/TyM2HbPSQ8luRKZZfzFz ( Marinho Pinto)
    4ª. 1945 | 17.04.2011 | 16.04Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Um mundo cheio de gestos, mas de substância nula... façam mais gestos!
    GESTICULAR | 17.04.2011 | 14.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Muito bem, todos os que la passaram merecem esse gesto. Obrigado Cabo Verde.
    Antunes de Almeida | 17.04.2011 | 13.25Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • :) deve ser mesmo isso, JM. Boa observação. Já repararam que estas ideias só vêm de países miseráveis, e o intuito é o de com isso angariar dinheiro? Hehe... e ainda pensam que enganam alguém. Pobres diabos.
    POBRES ESPÍRITOS | 17.04.2011 | 10.25Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • se aquilo era era um campo de concentração, tem de se arranjar uma nova categoria para Auschwitz-Birkenau e para os da Sibéria da URSS. Estes políticos cabo-verdianos andam a passar fome e sede de certeza absoluta.
    JM | 17.04.2011 | 00.47Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • esses peseudos(direitistas) nao lhe matarem ninguem de familia tenham vergonha ao menos tenham respeito pelos mortos ja que nao tem pelos vivos
    ze | 16.04.2011 | 23.17Hver comentário denunciado
  • e lamentavel haver pessoas a tentar oncobrir esses odiosos pides viva a liberdadejo
    anónimo | 16.04.2011 | 23.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Então que candidate também o Sócrates e o Teixeira dos Santos a coveiros deste País.
    Um andou a vender calçado em Milão, o outro foir aos EUA, a falar com o FMI, para comprar dívida.
    Por isso merecem a redoma.
    joao | 16.04.2011 | 23.01Hver comentário denunciado
  • Já viram a técnica é sempre a mesma: repetir repetir repetir repetir repetir, até que as pessoas pelo massacre comecem a dizer que aquilo era um campo de concentração. Faz lembrar as técnicas usadas pelos gays, não faz? É o masscre constante, a lavagem cerebral, pois só assim as mentiras teriam hipóteses de vingar. O que é verdade não necessita de ser repetido, as pessoas percebem-no automaticamente. O que é mentira precisa de ser repetido até à náusea para se fazer afirmar. E aí está mais um caso, como muitos outros que têm afectado a nossa sociedade, nos quais se inclui o próprio "acordo" ortográfico que afinal é completamente ridicularizado por todo o lado, incluindo pelos estrangeiros. Está todo o mundo a rir-se destes palhaços que habitam Portugal, e eles nem dão conta!
    PALHAÇADA | 16.04.2011 | 22.02Hver comentário denunciado
  • Guantânamo é um campo de concentração, Tarrafal era uma prisão de alta segurança.
    PARVOS | 16.04.2011 | 21.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não acham que chamar ao Tarrafal um campo de concentração é como chamar doutor a um burro carregado de livros? Hilariante! Campo de concentração! uuuhhh!!!
    CONCENTRA-TE | 16.04.2011 | 21.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Quem diria . . . !
    Até já foi . . . !
    Património da nação . . . !
    Valente e "imortal" . . . !
    Não haja dúvidas . . . !
    As "malguinhas" . . . !
    Dão muitas voltas . . . !
    alexandre barreira | 16.04.2011 | 21.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE