PUBLICIDADE
Rio de Janeiro

Motorista devolve 74 mil reais perdidos e é gozado na empresa

20 | 04 | 2011   13.01H

Joilson Chagas é motorista numa empresa de autocarros no Rio de Janeiro, Brasil. Há poucos dias, encontrou, dentro de um pacote, 74 mil reais no autocarro que conduzia e decidiu procurar o dono do dinheiro esquecido para lho devolver.

Destak | destak@destak.pt

Agora, o bom senso de Joilson é motivo de chacota na empresa. “Chagas otário” foi o que os colegas escreveram na parede da casa-de-banho, revela o site ‘O Globo’

“O dinheiro não era meu. É bom ficar só com o que é nosso”, confessou Jailson, que não se arrepende do que fez. Na empresa, só os chefes não o “condenam”, e afirmam que já estão a tratar de uma homenagem ou de uma promoção ao motorista.

O dono do dinheiro é um agricultor, de cerca de 80 anos, com quem Chagas se cruzou no terminal rodoviário. O motorista encontrou o homem a chorar, e em conversa percebeu que se tratava do verdadeiro dono do dinheiro que acabava de encontrar, escreve o mesm site. O agricultor ainda ofereceu 2 mil reais como recompensa, mas Jailson Chagas não aceitou. O filho do homem, que o acompanhava, ofereceu-lhe o relógio que trazia, pedindo ao motorista que o guardasse consigo.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Motorista devolve 74 mil reais perdidos e é gozado na empresa | © DR

6 comentários

  • As pessoas não são todas iguais, e ainda bem! Numa noite destas, durante o meu passeio noturno, junto à porta de um carro, no chão, encontrei uma carteira de senhora. Fui para casa (onde tinha boa iluminação) abri, vi que tinha algum dinheiro, não sei quanto, mas centrei-me a tentar saber de quem era. Telefonei ao meu irmão, que conhece meio mundo, e ele colocou-me em contacto com a dona. Sempre foi essa a regra pela qual me regi. Não é meu, não o quero. Porque se fosse comigo ficava eternamente grato a quem o fizesse. Ainda há pessoas assim e, para bem de todos, são mais do que os desonestos imaginam.
    João Pedro | 21.04.2011 | 19.54Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Parabéns Joilson Chagas.
    Por fazer o bem nunca nos devemos arrepender.
    João | 21.04.2011 | 17.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Caro "Cá Vai Disto", existem muitas pessoas como estas sim, mais a mídia só se alimenta do mal e do errado. Aqui no Brasil o Jornal O GLOBO colocou a notícia bem pequena sem destaque. A internet serve para divulgar o bem que os manipuladores não querem que saibamos. Povo desesperançado povo fácil de governar. Quem não acredita no bem, aceita o mal. Feliz Páscoa a todos. O exemplo do Joilson é o renascimento, a fé e a esperança em JESUS.
    Wilma | 21.04.2011 | 00.23Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Se fosse um politico portugues roubava de imediato o dinheiro sem pensar duas vezes. Não era por mal, é o habito......
    anticristo | 20.04.2011 | 16.39Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • aqui em portugal tb acontece. No outro dia deixei a minha carteira na camioneta, pois estava carregada com compras, e me esqueci completamente dela, e adivinhem o que la continha, todos os meus documentos, e a minha reforma de invalidez a dobrar com o subsidio de ferias, foi um horror, a minha afliçao, eram quase 500 euros, pois recebo 246 por mes, mas a dobrar +e algum. fui logo ter ´´a garagem das camionetas, e fui ter com o motorista, e la estava a minha carteira com o meu rico dinheirinho, o motorista a guardau, pois sabia que era minha, pois vira os meus documentos, por isso ainda existem pessoas honestas, e ainda para mais lhe quis dar algum dinheiro de recompensa, e ele nao aceitou, e me disse que fez a obrigaçao dele.
    lala | 20.04.2011 | 16.38Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este motorista pertence a uma raça extinta (já deixou de ser fase em vias de extinção) de seres humanos racionais com a verdadeira noção do dever, da honra, da verticalidade, de carácter e honorabilidade. Por isso mesmo, esta raça extinguiu-se e apenas existem já poucas unidades espalhadas por todo o Mundo. Em Portugal, pelo menos a nível político, já nem existem desde há quase QUATRO DÉCADAS...!
    Cá Vai Disto | 20.04.2011 | 15.01Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE