PUBLICIDADE
Ajuda externa

Sócrates diz que tentou tudo para que pedido fosse feito já por um Governo saído das eleições

26 | 04 | 2011   21.48H

O primeiro-ministro afirmou hoje que, após a abertura da crise política, procurou adiar ao máximo o pedido de ajuda externa para que este programa fosse negociado já por um Governo legitimado resultante das eleições.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

A posição de José Sócrates foi assumida em entrevista à TVI, feita à partir da residência oficial de São Bento, na qual também negou divergências com o seu ministro de Estado e das Finanças, considerando mesmo que contará com o “amigo” Teixeira dos Santos “para toda a vida”.

Interrogado pela jornalista Judite de Sousa sobre os motivos por que adiou o pedido de ajuda externa já após a rejeição do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) na Assembleia da República e a consequente abertura de crise política, José Sócrates respondeu que sempre achou que, “se fosse possível financiar, quer o Estado, quer as nossas instituições bancárias, até haver eleições, teria sido preferível pedir ajuda depois das eleições”.

“Dessa forma tudo o que se está a passar agora ocorreria com um Governo legitimado e não com um Governo de gestão. Durante um ano e meio fiz tudo para que isso não acontecesse e dei o meu melhor para que isso não acontecesse”, declarou.

Em dois períodos distintos da entrevista, José Sócrates foi questionado sobre as suas relações com o ministro de Estado e das Finanças.

Sócrates começou por negar que tenha havido qualquer divergência com o ministro de Estado e das Finanças em relação ao “timing” para o pedido de ajuda externa.

De acordo com a versão do líder do executivo, no dia em que Teixeira dos Santos defendeu em entrevista ao “Jornal de Negócios” a necessidade de pedir ajuda externa já antes o ministro dos Assuntos Parlamentares, Jorge Lacão, tinha aberto essa porta e ele próprio tinha previsto o anúncio ao país dessa decisão.

Sócrates também procurou retirar qualquer significado político ao facto de Teixeira dos Santos não fazer parte das listas de deputados do PS, considerando o ministro de Estado e das Finanças como seu amigo e frisando que contará com ele “para toda a vida”.

Classificou ainda como “intriga” a ideia que o ministro das Finanças se encontre subalternizado nas negociações com a “troika” europeu, dizendo que ele lidera a delegação do Governo e que o ministro da Presidência, Pedro Silva Pereira, tem o papel de coordenação no diálogo com o Presidente da República e com as diferentes forças partidárias.

Em relação ao resultado das negociações com o Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu, o primeiro-ministro referiu-se à condição de o atual Governo estar em gestão, razão pela qual disse que o programa de ajustamento terá de merecer o acordo dos partidos do arco governativo.

Já em relação ao papel do Presidente da República no decurso das negociações, o líder do executivo disse gostaria que Cavaco Silva “fosse colocado acima de tudo isto”.

Saiba mais sobre:
Foto: André Kosters/LUSA
Sócrates diz que tentou tudo para que pedido fosse feito já por um Governo saído das eleições | © André Kosters/LUSA

8 comentários

  • O PSD Pode ser tudo mas é mil vezes melhor que o ps.
    Tiago | 28.04.2011 | 14.58Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Quem ouve este senhor agora a falar sobre a questão económica até fica de boca aberta, pois se ele passou o tempo todo a dizer que não precisava da ajuda de ninguém, muito menos do FMI, agora diz que tentou adiar o assunto, afinal em que ficamos!...parece-me que tenta agora levar os mais incautos na bebida, talvez os de cérebro lavado, que não faltam por aí, ou por esquecimento ou interesse pessoal em algo pouco claro, como tem sido até aqui.
    Manuel Freitas | 27.04.2011 | 18.40Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Esta absoluta nulidade fazer parte de um futuro governo assemelha-se àquele paradoxo Kafkiano em que um desgraçado que acaba de ser assaltado, quando o gatuno se prepara para ir embora com tudo quanto conseguiu arrebanhar, o chama para lhe entregar a chave do cofre. E assaltados foram dez milhões de portugueses nos últimos seis anos, por uma corja cínica, ignorante e sem escrúpulos, cujo único mérito é fazer parte do lobby gay ou pertencer à irmandade do avental. O povo português não é tão imbecil como querem dar a entender sondagens marteladas à medida de quem as encomenda!!!
    J.Ribeiro | 27.04.2011 | 11.20Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • SERÁ QUE OS PORTUGUESES AINDA NÃO VIRAM QUE AS MOSCAS SÃO AS MESMAS DESDE O 25 DE ABRIL SÓ MUDA A MERDA , ESTES GAJOS ( POLITICOS ) TODOS ELES SÓ TEEM FODIDO OS PORTUGUESES ATÉ QUANDO É QUE ISTO AGUENTA SEM OUTRA REVOLTA ? QUE SEJA O MAIS BREVE POSSIVEL , POIS OS MAIS ANTIGOS DA HISTORIA DEVEM DE ESTAR LÁ DO OUTRO LADO A DIZER QUE ESTA GERAÇÃO É MUITO COBARDE.
    MARIOLA | 27.04.2011 | 10.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este des(governante) é o máximo, mas nunca sabemos se alguma vez disse a verdade, se calhar disse, mas aos Sócretinos mais chegados.
    Os dementes que escrevem nesta página, ditos Xoxialstas ou Sócretinos, devo lembrar, que á seis anos quando este sujeito tomou de assalto o poder, e digo de assalto porque, se não fosse o Presidente da República, Jorge Sampaio, as coisas estivessem melhores, mas na verdade ninguem quer ouvir ou falar, porque este sr. Sócrates entrou de assalto no PS, e conduziu a Nação para este estado.
    Por isso e muito mais, fica a pergunta aqueles seus afilhados, vivemos melhor que á seis anos.
    Tenho muitas mais provas que confirmam estarmos a viver no abismo.
    Fernando | 27.04.2011 | 08.40Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O Zé da Cabra . . . !
    Também cantava . . . !
    Eu dei tudo por ela . . . !
    alexandre barreira | 27.04.2011 | 07.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não valeu de nada. O PSD é um partido imprevisível, inseguro, ignorante, arrogante, infantil, irresponsável e traidor, que não tem programa e derrubou o governo sem apresentar uma alternativa a não ser a ânsia do poder pelo poder! O PSD é um partido de mafiosos e de traidores. O PSD já esteve mais de 20 anos no governo... Basta ver os ladrões do PSD que estão em tribunal e os que andam fugidos.
    Não lhes chega terem assaltado bancos, BPN e BPP... não lhes chega terem-nos roubado a Ponte Salazar / 25 de Abril através da LUSOPONTE, ponte que já estava paga, era nossa... não lhes bastou terem roubado a EDP, GALP, PT, etc... e já falam em nos roubar a Caixa Geral de Depósitos …Não lhes bastou a casa de férias e os vizinhos da casa de férias do PR...???
    E agora ainda querem roubar mais...???
    Este porco deste Passos Coelho deve pensar que os portugueses são estúpidos. Aliás, ele nem sequer pensa, ele limita-se a ser porta-voz dos burlões do PSD que nos andam a roubar desde o 25 de Abril.
    O PSD é um partido de gangsters. Deviam ser todos presos, julgados e condenados.
    Estes traidores empurraram-nos para as mãos do FMI.
    Sou a favor da pena de morte para os traidores!!
    morte aos traidores | 26.04.2011 | 22.50Hver comentário denunciado
  • Não valeu de nada. O PSD é um partido imprevisível, inseguro, ignorante, arrogante, infantil, irresponsável e traidor, que não tem programa e derrubou o governo sem apresentar uma alternativa a não ser a ânsia do poder pelo poder! O PSD é um partido de mafiosos e de traidores. O PSD já esteve mais de 20 anos no governo... Basta ver os ladrões do PSD que estão em tribunal e os que andam fugidos.
    Não lhes chega terem assaltado bancos, BPN e BPP... não lhes chega terem-nos roubado a Ponte Salazar / 25 de Abril através da LUSOPONTE, ponte que já estava paga, era nossa... não lhes bastou terem roubado a EDP, GALP, PT, etc... e já falam em nos roubar a Caixa Geral de Depósitos …Não lhes bastou a casa de férias e os vizinhos da casa de férias do PR...???
    E agora ainda querem roubar mais...???
    Este porco deste Passos Coelho deve pensar que os portugueses são estúpidos. Aliás, ele nem sequer pensa, ele limita-se a ser porta-voz dos burlões do PSD que nos andam a roubar desde o 25 de Abril.
    O PSD é um partido de gangsters. Deviam ser todos presos, julgados e condenados.
    Estes traidores empurraram-nos para as mãos do FMI.
    Sou a favor da pena de morte para os traidores!
    O PSD é um partido imprevisível, inseguro, ignorante, arrogante, infantil, irresponsável e traidor! | 26.04.2011 | 21.57Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE