PUBLICIDADE
Ténis: Estoril Open

Frederico Gil: “Sou muito perigoso quando jogo em casa”

27 | 04 | 2011   21.15H

O tenista português Frederico Gil disse hoje que espera um “encontro engraçado” frente ao espanhol Fernando Verdasco, nos quartos de final do Estoril Open, e mostrou-se confiante pelo facto de jogar em casa.

“Vai ser um encontro giro, em que vou procurar jogar agressivo, sem perder a base sólida que tenho. Ele vai entrar forte, tem um bom serviço, boa direita e joga muito atrás, mas vou tentar impor o meu jogo”, afirmou Gil, que ocupa a 62.ª e mais alta posição de sempre de uma português no ‘ranking’ ATP.

O atleta luso reconheceu que nunca viu o adversário jogar ao vivo, mas mostrou-se suficientemente informado sobre as capacidades de Verdasco, segundo cabeça de série e 15.º da hierarquia mundial, antes de reiterar total confiança nas suas capacidades e na força que virá das bancadas do ‘court’ Central do complexo do Jamor, em Oeiras.

“Conheço-o de ver jogos na televisão. Nunca vi nenhum jogo dele ao vivo, mas sei que está a passar uma fase em que tem perdido na primeira ronda. Ele sabe que jogando em casa sou muito forte e sabe que vai ser um jogo complicado”, sublinhou.

Frederico Gil comentou ainda a eliminatória de pares, em que atuou ao lado de Leonardo Tavares, e que terminou com a derrota da dupla lusa frente a Eric Butorac e Jean-Julien Rojer, pelos parciais de 6-4 e 6-2.

“Não deu para descontrair e fiquei triste com esta derrota. O Leo [Leonardo Tavares] está a passar uma fase difícil, tentei ajudar, mas eles tiveram mérito, sempre com um jogo sólido. Não fomos felizes no final do primeiro ‘set’ e nos pares ganhar o primeiro ‘set’ é muito importante”, lamentou Gil.

O encontro entre Frederico Gil e Fernando Verdasco está marcado para quinta feira, a partir das 16:00 horas.

Foto: Mário Cruz/EPA
Frederico Gil: “Sou muito perigoso quando jogo em casa” | © Mário Cruz/EPA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE