PUBLICIDADE
Porto

CTT vão fechar estação do Município ao domingo devido à “fraca afluência de público”

04 | 05 | 2011   17.02H

Os CTT vão fechar ao domingo a estação dos correios do Município, na Praça do General Humberto Delgado, no Porto, alegando “a fraca afluência de público a este balcão nesse dia da semana, que não justifica a sua abertura”.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

“A decisão está tomada”, disse hoje à Agência Lusa fonte oficial dos CTT, não avançando, todavia, quando é que tal medida entra em vigor.

A Junta de Freguesia de Santo Ildefonso considera que é uma decisão “grave” e salienta que, desse modo, a “segunda cidade do país ficará com uma estação distante cerca de 20 quilómetros”, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

“É uma desgraça”, conclui o presidente daquela Junta, Wilson Faria, referindo que Santo Ildefonso não para de perder serviços e equipamentos públicos e privados.

O autarca diz que “está tudo a fugir” e dá exemplos: “A EDP, as Finanças, qualquer dia é a PSP que sai (da Rua) do Paraíso, a Escola de Hotelaria também saiu…”.

“Já reparou na sangria que tem havido na minha freguesia?”, pergunta Wilson Faria, insistindo, todavia, que “mais grave” é o fecho da loja dos correios do Município, em plena Baixa portuense.

Os CTT explicam que “a alteração decorre da atividade regular” dos seus serviços e da “avaliação, feita continuamente, da oferta de balcões, tendo em vista identificar casos de sobredimensionamento ou de subdimensionamento da rede de estações e postos de correios, bem como os horários de abertura”.

Nesse sentido, a empresa referiu à Lusa que procura acompanhar a evolução demográfica, tendo em vista “adequar os serviços às necessidades das populações e ao volume de tráfego”.

Os CTT nada dizem, por outro lado, sobre os planos para fechar seis lojas espalhadas pelo Porto, que foram transmitidos às cinco freguesias afetadas e à Câmara Municipal, numa reunião realizada em 7 de abril, na Junta de Freguesia de Paranhos.

Ficou aí a saber-se que, no Porto, a empresa pretende encerrar os seguintes postos: Antas e Pinto Bessa, em Campanhã, Malmerendas, em Santo Ildefonso (Rua Alves da Veiga), Augusto Luso, em Cedofeita, Palácio da Justiça, em Miragaia/Vitória, e Campo Lindo, em Paranhos.

A Agência Lusa contactou a Câmara Municipal do Porto para obter a sua posição sobre este assunto, mas foi em vão.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
CTT vão fechar estação do Município ao domingo devido à “fraca afluência de público” | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE