PUBLICIDADE
Eleições

“Problema do comentário político é não agradar a ninguém”, diz Rebelo de Sousa

31 | 05 | 2011   20.02H

O comentador político Marcelo Rebelo de Sousa desvalorizou hoje as críticas às suas intervenções sobre as legislativas de domingo e afirmou que o “problema” da sua função é “não agradar a ninguém”, sobretudo quando “as coisas não correm bem”.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

“Eu ando nisto há 40 anos, a comentar desde os anos de 1970. Já comentei vários actos eleitorais com vitórias à Direita e à Esquerda. O comentador tem sempre o problema de não agradar àqueles que ouvem quando sentem que as coisas não estão a correr bem”, disse, à margem da apresentação da obra “Três Olhares Sobre o Futuro da Saúde em Portugal”, na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa.

Para o antigo líder do PSD, “como não há debate de ideias, debatem-se casos, e pelo menos dois comentadores foram falados”, citando o também militante social democrata Pacheco Pereira, mas “em circunstâncias diferentes”, uma vez que o presidente “laranja”, Passos Coelho, acusou aquele membro do partido de fazer “campanha semanal contra o PSD”.

“Os meus comentários têm esse problema. Não agradam a ninguém. Não agradam às pessoas do meu partido porque acham, erradamente, que comentário político é tempo de antena. E não agradam aos outros partidos ou agradam conforme as circunstâncias. Quando digo que ganham debates ficam felizes, quando digo que perdem ficam infelizes, mas isso é uma contingência”, afirmou, acrescentando tratar-se de “um risco do comentário político”.

Rebelo de Sousa tinha declarado domingo, na TVI, que os portugueses vão ser chamados a decidir entre dois líderes para o próximo Governo - “alguém que não tem condições para (Sócrates) e alguém que talvez tenha (Passos Coelho)” -, motivando críticas por parte dos socialistas que o acusaram de “inadmissível apelo ao voto” no PSD.

“Não sei ainda, vou decidir hoje à noite. Eu tenho participado em todas as campanhas eleitorais em acção pontual, normalmente depois de fazer o principal e último comentário antes das eleições, mas desta vez, tenho uma vida tão ocupada... vamos ver se consigo”, adiantou, sobre se iria participar em alguma iniciativa “laranja” até sexta-feira.

Saiba mais sobre:
Foto: Vítor Mota CM
“Problema do comentário político é não agradar a ninguém”, diz Rebelo de Sousa | © Vítor Mota CM

10 comentários

  • Tanta prosa, tanta fala,
    que não vale a clara, dum ovo,
    Porque no final desta história, quem se lixa é o povo.!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Alberto Sousa | 01.06.2011 | 11.39Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Como, se não suficiente,
    Termos as dividas a pagar,
    Inda temos, pra nosso mal,
    Toda a hora, que os aturar.
    Alberto Sousa | 01.06.2011 | 11.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Os politicos, estão afonicos,
    De tanto, tanto, falar.
    Quando será que se calam?
    Para os ouvidos descansar!
    Não dizem uma de jeito,
    Só sabem é enganar!
    Pró diabo, que os carregue,
    Está o povo a desejar!!!!!!
    Alberto Sousa | 01.06.2011 | 11.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Seja com pesca de cana,
    Arte xávega ou de emalhar.
    Este mar que a volta temos.
    Da aflição nos vai tirar.
    Alberto Sousa | 01.06.2011 | 11.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Grande poeta é o povo que faz versos assim!
    Oh mar, Oh mar, Oh, mar,
    Se tu me banhas a costa,
    És tu que me has-de safar.
    Alberto Sousa | 01.06.2011 | 10.57Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • É talvez, da ventania.
    Que mais parece, um tufão
    Foi por isso, que os tomates,
    Cairam, no meio do chão
    Alberto Sousa | 01.06.2011 | 10.47Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • E as "malguinhas" . . . !
    Começam a tremer . . . !
    Será da chuva . . . ! ?
    Será da gente . . . ! ?
    Gente não é certamente . . . ! ! ! !
    alexandre barreira | 01.06.2011 | 07.09Hver comentário denunciado
  • Este Sr, Professor Doutor e mais tudo aquilo que que tem direito. filho dum Salazarista dono de meio Moçambique,(onde passa muito tempo a cuidar dos seus negocios) afilhado do padrinho braço direito de Salazar , do qual ficou com o nome, comentador oficial do psd.
    ou seja é mais um chulo da sociedade
    pedro luis | 31.05.2011 | 23.29Hver comentário denunciado
  • Este FASCISTA FANHOSO, teria sido uma sorte para Portugal, se ter afogado no Tejo. Se o POVO estudasse o PERFIL desta merda, à muito tempo que tinha mandado esta merda para a fossa. Easte gajo é um PORCO, chulo!
    porco | 31.05.2011 | 22.47Hver comentário denunciado
  • Este aldrabão compulsivo passa a vida a fazer propaganda ao PSD descaradamente, mascarado de imparcial e não tem vergonha de vir dizer que não agrada a ninguém. Agradas, sim, meu porco. Agradas a quem te dá os recados do PSD.
    Este porco devia ter vergonha de nos andar a sacar dinheiro como "conselheiro" de Estado.
    Estes bandidos têm de ser todos presos, julgados e condenados!
    este porco é um mentiroso compulsivo! | 31.05.2011 | 21.29Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE