PUBLICIDADE
Líbia

Operador de câmara egípcio libertado após dois meses de detenção pelas forças de Kadhafi

12 | 06 | 2011   20.57H

Um operador de câmara egípcio da cadeia saudita MBC foi libertado hoje após mais de dois meses de detenção na Líbia, anunciou hoje o grupo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

"Foi libertado e está na embaixada egípcia em Tripoli. Deverá sair da Líbia na segunda-feira", afirmou Hedi Hannachi, correspondente da Al-Arabiya, que pertence ao mesmo grupo.

Majdi Hilali, de 43 anos, foi preso por forças leais ao coronel Mouamar Kadhafi na região de Brega, no leste do país, juntamente com um camarada argelino que foi posto em liberdade três dias após a detenção.

Foi um entre vários jornalistas estrangeiros detidos na Líbia nas regiões disputadas pelos rebeldes e pelas forças leais ao regime.

Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE