PUBLICIDADE
Quarteira

Homem que disparou contra GNR em prisão preventiva

13 | 06 | 2011   20.44H

O juiz de instrução criminal do Tribunal de Loulé decretou a prisão preventiva para o homem armado que atingiu no domingo um militar da GNR e se refugiou num prédio da Avenida Sá Carneiro, em Quarteira.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

A decisão foi hoje anunciada à Lusa por fonte do comando da GNR de Faro.

No domingo, a GNR recebeu um pedido de ajuda do proprietário do bar Cadilac, na Avenida Sá Carneiro, dando informação de que estava uma homem armado no interior daquele estabelecimento noturno.

“Para o local seguiu um pelotão de intervenção rápida da GNR de Faro. Um militar da primeira patrulha que abordou a situação foi alvo de um disparo que o atingiu de raspão a cabeça”, disse no domingo fonte da GNR, sublinhando que o militar estava "fora de perigo” e “consciente”.

Depois de disparar contra a GNR, o jovem de 19 anos fugiu do bar e “barricou-se num prédio” onde se manteve até à sua detenção.

Saiba mais sobre:
Foto: Luis Forra/Lusa
Homem que disparou contra GNR em prisão preventiva | © Luis Forra/Lusa

4 comentários

  • Ora aí está . . . !
    Meus caros . . . !
    E como diria o outro . . . !
    É TUDO UMA QUESTÃO . . . !
    DE "MALGUINHAS" . . . ! ! ! !
    alexandre barreira | 14.06.2011 | 15.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Vai uma aposta que o energume brevemente está em liberdade! Provavelmente o advogado desta criatura vai alegar legítima defesa. Outra hipótese é o acordo existente entre o Governo Português e Cabo Verde, são considerados inimputáveis, para além disto andam no tráfego de droga, adquirem restaurantes com licença de funcionamento para apoio ao tráfego e gozam com a Polícia porque os Juízes não tem Leis adequadas para os julgar, e voltam passado umas horas ao local do crime. É neste clima que tudo se movimentam e a ASAE fácilmente fecha um restaurante de alguém que não anda no tráfego , do que outro que o pratica, é ve-los a traficar nas ruas, mas os ditos restaurantes não são fechados, porque tem as licenças em ordem, pagam os seus impostos, não servem uma refeição e assim vivemos todos felizes porque "Os Pontemineiros" assim o permitem.
    tonel 1956 | 14.06.2011 | 11.45Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Texas não é só isto!
    Um selvagem deslocado e perdido no urbanismo das ruas e dos prédios, agora foi caçado que nem um jacaré fora de água.
    Qual a razão porque os advogados defendem estes comportamentos deixam-nos perplexos.
    Victor Century | 14.06.2011 | 09.26Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ora aqui está uma decisão natural... O contrário é que não o seria...! Em C.V. as cpoisas funcionam assim, Leiam...; http://liberal.sapo.cv/noticia.asp?idEdicao=64&id= 32913&idSeccao=542&Action=noticia
    Thémis | 14.06.2011 | 08.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE