PUBLICIDADE
Contestação

Dezenas de utentes do Estádio Universitário em protesto contra eventual encerramento

26 | 06 | 2011   19.53H

Dezenas de utentes do Estádio Universitário de Lisboa protestaram hoje, naquelas instalações, contra o eventual encerramento da instituição por o Estado ter cativado verbas e terem sido suspensas as novas inscrições e renovações dos utentes.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

Os manifestantes, que tinham anunciado em comunicado esperar mais de quatro mil pessoas hoje no protesto, ficaram desapontados com a adesão que, cerca das 17:30, não chegava a uma centena de pessoas.

“Deve ter sido por causa do calor que veio menos gente”, afirmou à Lusa Sidónio Caetano, um atleta do Benfica que em 1968 foi campeão de juvenis e que há mais de quarenta anos pratica desporto no Estádio Universitário.

“Fiquei estupefacto com a possibilidade de o estádio encerrar. Temos um grupo de atletas que se junta todos os dias aqui, depois do trabalho. Lisboa não tem muitos sítios para desporto como este, até porque este é muito central e muito antigo”, acrescentou.

A ideia inicial do protesto era a de fazer um piquenique mas apenas dois grupos de utentes foram preparados, com toalhas e comida, para concretizar o pedido feito aos utentes em protesto.

“Vamos perder o contacto com colegas de muitos anos se o estádio encerrar”, disse Domingos Costa, que há 35 anos pratica com amigos atletismo naquele estádio.

Praticante de natação e ginásio, Dina Medeiros deslocou-se hoje ao estádio para protestar contra o seu eventual encerramento, que considera “uma grande perda” não só para os praticantes de desporto mas para a própria cidade.

“O estádio é já um símbolo da cidade, as pessoas gostam deste local central, a piscina é olímpica, com boas condições, e as pessoas vêm aqui há muitos anos e têm cá amigos. é inacreditável que possa encerrar”, afirmou Dina Medeiros.

O eventual encerramento do estádio foi confirmado pelo presidente do Estádio Universitário de Lisboa (EUL), João Roquette, depois de terem sido cativados pelo anterior governo 515 mil euros de receitas próprias do EUL, uma medida que pode obrigar ao encerramento da instituição a partir de Setembro.

João Roquette explicou que depois desta cativação o EUL teve de suspender o período de renovações e novas inscrições para o Estádio Universitário, que todos os anos são feitas em Maio.

Saiba mais sobre:

5 comentários

  • OH "cambada de chulos" qual será que também tens comissão naquele negócio? Será que vives na Lua? Será que já estás a esfregar as mãos? ACORDA.
    CAMBADA DE CORRUPTOS | 28.06.2011 | 17.01Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Claro. Só se estranho porquê só agora...!!!
    Já repararam quanto vai render aquele terrenozito naquele local ermo, tão longe do centro da cidade...???
    Muita gente (leia-se a costumada cadeia da corrupção) esfrega já as mãos com o negócio !!!
    Jorge
    Jorge Leitão | 27.06.2011 | 16.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Não há problemas . . . !
    Arranja-se um . . . !
    Estádio tipo . . . !
    Desporto "doméstico" . . . !
    E deixa-se os outros . . . !
    Para as "malguinhas" . . . !
    VIP . . . ! ! !
    alexandre barreira | 27.06.2011 | 07.07Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Tens toda a razão pá. Apoiado!
    Jm | 27.06.2011 | 00.34Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Se querem praticar desporto, que o façam em casa, ou, na rua, Eu, e outros contribuintes que pagamos impostos, é que nada temos que andar a sustentar estes luxos. Quem quer bolota , que trepe e não se encoste a quem trabalha. Eu, aqui na minha aldeia, faço ginástica com uma enxada e pedalo ali pela ruas com uma bicicleta que já era do meu velho, que pesa aí uns 20 quilos. Vão trabalhar, cavar terra e plantar batatas , couves e semar feijões, que é boa ginástica e dá algum lucro. PARASITAS.
    cambada de chulos | 26.06.2011 | 22.09Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE