PUBLICIDADE
ESTRANHO QUOTIDIANO

Assim vai a Eurolândia

06 | 12 | 2012   22.39H
J.L. Pio Abreu

Parece que os figurantes da Eurolândia andam todos a brincar. Já  se sabe que não deixam a Grécia sair do euro – nem qualquer outro país – sob pena de perderem a moeda mágica que os alemães inventaram e que tanto jeito lhes deu para vender mercadorias. Mas com discursos morais e imposições de austeridade, lá se vão arrumando uns aos outros. Só que os _gregos esticaram a corda e ficaram a ganhar.

Veio então o senhor Claude Juncker e disse que os outros também ganhariam. Veio o senhor Vítor Gaspar e disse a mesma coisa. Durão Barroso, Passos Coelho e outros personagens aplaudiram e disseram o mesmo. Não sabemos o que disseram as figuras relevantes dos outros países, mas se forem tão comedidos como os portugueses, cada um disse o que quis sem que viesse mal ao mundo. 

Veio porém o senhor Wolfgang Schäuble e, do alto da sua cadeira de rodas, disse em alemão uma coisa diferente. E todos acabaram por desdizer o que disseram. Um disse que não tinha entendido a pergunta, o outro disse que o assunto era complexo. Mas tiveram de afinar o discurso pelas palavras do Ministro alemão das Finanças.

_A brincadeira é a do aperta-mais-o-cinto, sobretudo para aqueles que estão mais magros e vão na conversa. Seria uma brincadeira engraçada se não significasse miséria e desespero para os peões que não andam a brincar. Mas os figurantes lá se entretêm, sem perceber que a nossa respiração e as investidas dos especuladores dependem das suas palavras.

© Destak

15 comentários

  • O figurante número um é o Cavaco. Tem de governo metade do tempo do saudoso Salazar. O que fez este? Criou riqueza e pecou por não a distribuir. E o que fez o Aníbal? Esbanjou algum do dinheiro deixado por Salazar e carradas dele vindo da CEE, distribuindo-o pelos seus comparsas do BPN e tantos e tantos outros. Para cúmulo, acabou com a agricultura, pescas e indústria. Como primeiro ministro exorbitou nos seus poderes e como presidente demite-se dos mesmos. Ao contrário do Salazar, este ficará na história por ter conduzido o país à ruína. Merece um funeral de indigente e a proibição de todas as suas publicações porque serão uma má doutrina política e económica. Merece, ainda, o repúdio e o ódio de todos os portugueses, incluindo as gerações futuras que este visionário hipotecou. Que o diabo o leve e o atormente bem com as suas forquilhas e fornalhas.
    Cadê | 20.12.2012 | 20.24Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Atenção ASAE, muita atenção: é favor de inspeccionarem as botijas de gás que para aí vendem, incluindo as da GALP, pois há gente que está a notar que elas passaram a durar quase metade do que duravam. É preciso pesarem-nas cheias e depois pesarem-nas vazias. Se quando vazias pesarem mais de cerca de 13 quilos é porque provavelmente têm lixo dentro e os cidadãos estão a ser roubados dessa forma. Cheias devem pesar cerca de (13 + 12) quilos, mas o melhor é informarem-se primeiro.
    ROUBAM NO GÁS? | 18.12.2012 | 12.01Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • «Assim vai a Eurolândia»:------------------------------------ -------------- ESTE GOVERNO QUE COMETE AS MAIS BRUTAIS ILEGALIDADES E INCONSTITUCIONALIDADES É UM GOVERNO "FORA DA LEI E DA ORDEM PÚBLICA" QUER LANÇAR À SOCIEDADE A IDEIA DE QUE OS CULPADOS DE TODOS OS MALES SÃO AQUELES QUE VIVEM A VIDA ATRAVÉS DOS PARCOS RENDIMENTOS AUFERIDOS COM O SEU TRABALHO HONESTO! PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA DE PORTUGAL OS CIDADÃOS HONESTOS E TRABALHADORES SÃO «CONDENADOS» SEM CULPA FORMADA E SEM DIREITO A JULGAMENTO A PAGAR PELOS CRIMES PRIVADOS DOS BANQUEIROS!--------------------------------------- ----------------------
    MIG+F16 | 17.12.2012 | 17.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Enquanto não se meter os politicos todos depois do 25 de abril na prisão e lhe tirar o fruto desses roubos e em conjunto com os bancos este portugal não vai a lado nenhum, não é com palavras mansas e manifestações que conseguimos chegar lá.
    intransigente | 16.12.2012 | 18.38Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Caro JLPA . . . ! Eu sempre o disse . . . ! E, mais uma vez repito . . . ! Enquanto houver "nalguinhas" . . . ! Os grandes "machões" . . . ! Vão "brincando" . . . ! E, infelizmente . . . ! Por cá . . . ! As "nalguinhas" . . . ! São a "rodos" . . . ! ! !
    Alexandre Cagueira | 14.12.2012 | 16.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Só para que não hajam dúvidas sobre o crescimento da banca portuguesa: http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_i d=2935316&especial=Revistas%20de%20Imprensa&seccao =TV%20e%20MEDIA. Isto está bom é pra emigrar daqui para fora.
    Ah, pois é! | 10.12.2012 | 18.34Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O comentário anterior tem todo o fundamento. Neste momento cerca de 70% da dívida está nas mãos dos bancos portugueses e é a estes que todos pagamos o absurdo de juros. Esta foi a forma (panelinha) dos bancos se financiarem sem terem que recorrer ao fundo da troika, que no caso lhes exigiria uma perda de auto-determinação, como a nós. Mas o nosso Passos, burro como é, prefere encher os bolsos destes com o nosso dinheiro porque não tem tomates para exigir mais da troika. Está mais do que claro que a nossa dívida nunca vai ser paga, claro que não, o que vai (está) acontecer é que durante anos e anos a fio vamos trabalhar sempre para os mesmos sem conseguir abater um cêntimo à dita dívida. Dos 200 mil milhões que devemos só em juros pagamos quase 10 mil milhões anuais, ou seja, o equivalente aos cortes de subsídios, aumento irs, aumento do iva, cortes das pensões e prestações e o que devia ser para investimento publico, isto tudo junto. Alguém acredita que sem um perdão de dívida e renegociação da restante alguma vez pagaremos um euro da dívida? Não, pelo contrário, aumentará porque não temos o suficiente para nos governarmos depois de pagar aos agiotas e aí cada vez mais recorremos ao crédito, tipo bola de neve. Só um cego não vê.
    zé burro | 09.12.2012 | 20.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Volto a dizer: Na altura do crédito fácil, era escravo quem contraia um empréstimo perante um qualquer e determinado banco português. AGORA, SOMOS TODOS ESCRAVOS DOS BANCOS PORTUGUESES. Graças ao Governo PSD-PP, todos os trabalhadores e pensionistas portugueses estão a pagar juros de dívida pública portuguesa que vão logo direitinhos para os bancos portugueses. Pois é, os bancos portugueses são os principais detentores dos títulos de dívida portuguesa, e quando o Passos Coelho diz que temos de pagar, só está a fazer o jogo dos Bancos portugueses. "Eles comem tudo, eles comem tudo, e não deixam nada..." PQP!
    Ah, pois é! | 09.12.2012 | 19.46Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Estranho... da banca Anglo-Saxónica, instalada por todo o planeta e que rebentou com o sistema e nos trouxe a esta linda condição... não falam?... Ehehe... parecem que de repente ficaram imbecilizados, ou cegos, ou mentalmente inoperantes, como galinhas tontas... sem dúvida que uma humanidade com gente deste calibre intelectual não pode ir longe...
    GÉNIOS ENDIVIDADOS | 09.12.2012 | 11.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Claro que é o Schäuble que manda. Ele é que é o porta voz dos verdadeiros governantes do mundo, o porta voz dos que controlam toda a economia mundial, aqueles especuladores que ajudam a Alemanha em troca da usura e do sacrifício dos mais pequenos, tipo nós. O Gaspar é um ser patético que se dá ares de importante mas que não passa de um simples empregado de terceira categoria deste alemão que por sua vez já é empregado dos ditos banqueiros e especuladores. E como ser inutil e subverviente que é claro que não tem coragem para dizer basta e "esticar a corda" como os Gregos, para isso era preciso tê-los no sitio e tanto ele como o Passos são uns cobardes que são fracos com os fortes e fortes com os fracos. Uns autênticos cobardes que deviam ser corridos a tiro e levados a tribunal pelo assassinato de um povo, eles e os governantes dos ultimos 30 anos.
    zé burro | 08.12.2012 | 10.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O Pio Abreu e os outros leitores sabem porque é que o Wolfgang Schäuble usa cadeira de rodas? Sofreu uma tentativa de assassinato com arma de fogo que lhe afectou a medula espinal durante uma campanha eleitoral em 1990. Acha que é por isso que o ministro alemão é mau, porque se sente frustrado por não ser mais um homem completo, e tem prazer com o sofrimento dos outros? Especialmente aqueles que são considerados cultural, economicamente e geneticamente inferiores, os do sul da Europa. Podia desenvolver isso, sob a perspectiva de uma óptica psiquiátrica, no seu próximo artigo de opinião. Seria interessante.
    João Miguel Castro | 08.12.2012 | 10.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A mesma sapiência lusa que durante o endividamento nada disse e alegremente nele participou, é a mesma que agora vem tentar atirar de novo culpas à Alemanha. A inteligência pouco mudou, pois a capacidade de entendimento continua a mesma que embalou a multidão em desfiles patéticos de bandeiras nacionais nos tempo em que pensavam ser os "maiores" da aldeola e arredores. O português sofre de um mal: nasce ensinado, por isso sempre se recusa a aprender...
    OS IRRELEVANTES | 07.12.2012 | 18.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Pior é a Portugalândia com os respetivos governo e bancos. O Governo PSD-PP obriga todos os trabalhadores e pensionistas portugueses a pagar juros de dívida pública portuguesa que vão logo direitinhos para os bancos portugueses. Pois é, os bancos portugueses são os principais detentores dos títulos de dívida portuguesa, e quando o Passos Coelho diz que temos de pagar, só está a fazer o jogo dos Bancos portugueses. Na altura do crédito fácil era escravo quem contraia um empréstimo. AGORA SOMOS TODOS ESCRAVOS DOS BANCOS PORTUGUESES.
    Ah, pois é! | 07.12.2012 | 17.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Excelente ... É o diz ... o desdiz ...Ambas ficaram na mera ...A CONFUSÃO... foi ateada uma enorme fogueira em que arde o que restava da esperança de poupança para Portugal e das esperanças dos portugueses... Tanto Esforço em Troika de nada ... Ser ou não ser bom/mau aluno ... O problema é que se esquecem eles, é que é difícil ser-se bom aluno quando os professores são maus... O Euro é uma bomba ainda mais sofisticada do que a bomba de neutrões... não só deixa o património intacto como ainda consegue distinguir entre os proletários úteis à Alemanha e os que são dispensáveis, aos primeiros o euro limita-se a destruir os direitos ao segundo...os mísseis de euro da Alemanha unificada estão trazendo um retrocesso civilizacional, a destruição das democracias e dos direitos sociais... O euro é a mais poderosa das armas, é um verdadeiro Sheltox, com um Gaspar armado deste spray conseguem-se destruir direitos sociais... impor leis laborais...promover despedimentos e maltratar os funcionários públicos, pensionistas... Tornando os países obedientes e metam o país na ordem atirando para o lixo essas modernices do estado social e de direitos dos cidadãos... Estes governantes têm que arregaçar as mangas e ir lutar nesta Europa que nos seus princípios fundamentais está a IGUALDADE entre os Povos ... Isto ... levam a pensar que o Futuro da UE será inspirado no passado ... a valores que constituíam ainda há poucos anos a Identidade de uma Europa Democrática... e não Dem(ónio)...cratia que se tornou nos últimos tempos ... Assistimos todos os dias a Show-offOn nos discursos, nos comentários...
    Marluz | 07.12.2012 | 12.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Caro JLPA . . . ! Eu sempre o disse . . . ! E, mais uma vez repito . . . ! Enquanto houver "malguinhas" . . . ! Os grandes "tachões" . . . ! Vão "brincando" . . . ! E, infelizmente . . . ! Por cá . . . ! As "malguinhas" . . . ! São a "rodos" . . . ! ! !
    alexandre barreira | 07.12.2012 | 07.08Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE