PUBLICIDADE
ESTRANHO QUOTIDIANO

O Natal do capital

20 | 12 | 2012   22.42H
J.L. Pio Abreu

Eu devia falar do Natal, mas não me apetece. O Natal é uma mensagem de humanismo e de esperança, mas, para onde quer que eu me vire, tudo o que vejo contradita essa mensagem. Fomos enredados por uma teia de forças sem nome nem regras que nos reduziu à impotência. 

Chamam-lhe o Mercado. Por detrás dele estão os chamados Bancos de Investimento, governados por gente sem escrúpulos que não cria riqueza, mas usa todos os expedientes para ganhar à custa do trabalho dos outros que, simultaneamente, vai empobrecendo.

Usam a tecnologia que o trabalho humano criou para transferirem o capital ao nanossegundo entre as subidas e descidas da bolsa. Usam a tecnologia para não verem os rostos do sofrimento que provocam, agora que os transformaram em números, estatísticas e gráficos assépticos. Usam-na para criarem modelos académicos onde vão testando o seu poder tal como se retomassem os jogos de computador da adolescência, da qual nunca saíram. Usam a tecnologia para venderem ilusões comerciais e criarem uma civilização tablóide onde destroem os políticos que se lhes opõem e adormecem o pensamento crítico dos cidadãos que exploram.

Governado pelas mais sombrias motivações humanas, o mundo está hoje à deriva e sem valores. Retiraram-nos a esperança, destruíram a confiança, aboliram o humanismo, roubaram-nos o Natal. Seria bom sonharmos com a mensagem de amor que o Natal nos traz. Mas seria melhor livrarmo-nos do pesadelo em que estamos enredados.

© Destak

16 comentários

  • Caro senhor ex-presidente, que tenha uma rápida recuperação daquilo que parece ter sido mais um ataque de geoengenharia, com experiência de infecção da população por meios aéreos. Na mesma altura o senhor Manoel de Oliveira, como muitos outros, também foi parar ao hospital. Claro de vocês os dois os jornais falaram. Devem ser amigos. Mas dos muitos outros não disseram absolutamente nada. Assim que puder, questione-se por favor sobre a quem tem sido dado carta branca para no nosso espaço aéreo despejar o que lhe apetece, com interesse em experiências de engenharia climática, militar, ou até de teste de vírus ou fármacos de empresas de bioengenharia ou farmacêuticas. Aconselho-o a ler o artigo do The Guardian "Big names behind US push for geoengineering". As rápidas melhoras. Cumprimentos. (Mário Soares teve alta ao fim de nove dias) - COMENTÁRIO CENSURADO NO JORNAL PÚBLICO: http://www.publico.pt/politica/noticia/mario-soare s-teve-alta-ao-fim-de-nove-dias-1581547
    BOA RECUPERAÇÃO, SR MÁRIO SOARES! | 22.01.2013 | 10.20Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • De cada vez que fustigam os céus da cidade com actividades de geoengenharia e provavelmente outras menos lícitas ainda (não apareceu dias antes destas tempestades "naturais" um responsável da saúde nacional aconselhar as pessoas a vacinarem-se contra a gripe?), o senhor Manoel de Oliveira vai parar ao hospital. Dos outros que lá vão parar em cada uma destas "operações" não há jornais que falem. Só muito depois, à distância do acontecimento, alguém virá a interrogar-se por que razão o número de mortes nesses dias foi tão excepcionalmente elevado... O silêncio convirá, é claro, à miríade de industrias que por aí instalaram na última década cuja matéria prima são os mortos. As melhoras grande Manoel Oliveira! (Manoel de Oliveira está de novo internado no Porto) - comentário censurado no Jornal Público.
    AS MELHORAS, MANOEL DE OLIVEIRA! | 20.01.2013 | 21.57Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Texto de um amigo: "Qualquer solução que introduza "ambiguidade" num sistema faz sempre mudar o sistema para pior! Quem, sem permissão dos cidadãos, se aventurou a introduz essa solução "ambígua", ou é deficiente mental ou é simplesmente mau! Essa brincadeira com que alguns meninos mimados tiveram a coragem de ferir Portugal não deve passar impune. Levante-se Portugal, por menos haveria gente atrás das grades na Islândia, e em qualquer outro país da Europa o assunto nem sequer discussão teria. A seita organizada que endividou Portugal afinal tentou também armadilhá-lo através da corrupção da própria língua. Puro terrorismo. Essa gente armadilhou o país em vários aspectos, e infelizmente só agora as pessoas percebem ao ponto que estão amarradas. Aos tradutores automáticos adicionem as palavras correctas! (Notícia: Carta aberta a Nuno Crato pede para revogar Acordo Ortográfico) - comentário previamente censurado pelo Jornal Público".
    CENSURA PRIVADA | 11.01.2013 | 10.42Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • COMENTÁRIO------------------------«O Natal do capital»----------- «Seguro indisponível para viabilizar cortes propostos pelo FMI»---«Proposta do FMI é "subversão do regime democrático e constitucional" - António Arnaut»---------------- Objecto Voador Não Identificado (OVNI) observado na A.R. continua por explicar, disse à agência Lusa o «professor de Astrobiologia» da Universidade Livre Miguel Relvas. «Existem centenas de testemunhas que viram o objecto, e em várias cidades e vilas. Quando o objecto se afastou da A.R., passou por várias localidades. A existência de diversas testemunhas, sem contacto umas com as outras e a relatarem o mesmo objecto, prova a existência dele», referiu Miguel Relvas. O especialista salientou que quatro fotografias do OVNI, captadas por um fotógrafo amador, «foram enviadas para a P.J. e para a P.G.R e foram dadas como verdadeiras». --------Coelho e os seus cortes Rua Já!-
    MIG+F16 | 09.01.2013 | 15.14Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Um passo simples que não querem dar...Construir uma macroeconomia sustentável...Coisa fácil,é só fazer as contas... como dizia o "mea culpa" D. Guterres I.
    Duque de ouros | 01.01.2013 | 16.41Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Temos que mudar o "sistema". Em 3 passos: 1/Construir uma macroeconomia sustentável; 2/Fortallecer o capital social e humano; 3/Respeitar os limites ecológicos;
    anónimo | 28.12.2012 | 17.33Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Mas que Natal, se o próprio Cristo combateu quem trabalhava!? "Ide, deixai tudo o que tendes e segui-me", portanto, abaixo a família, o trabalho... tudo em nome de um ideal. O mesmo se passa agora, em nome do capital.
    SINHA | 28.12.2012 | 14.48Hver comentário denunciado
  • A cegueira, o cinismo, a hipocrisia e a incompetencia destes falsos profetas, tem de ser combatida, e isso com a maior brevidade possível. É de louvar quando alguem assume as responsabilidades do que escreve, e deixem as malguinhas para os depauperados do governo.
    Fernando | 26.12.2012 | 20.58Hver comentário denunciado
  • Não haja dúvidas . . . ! Que "malguinha" . . . ! ALEIJADINHA . . . ! É deveras complicado . . . ! ! !
    alexandre barreira | 26.12.2012 | 17.53Hver comentário denunciado
  • Óptimo artigo. Mas é necessário perceber quem é a fonte de toda esta miséria que se espalha pelo mundo. É preciso estudar. Caro Pio Abreu, leia isto, para aprender como eles actuam: http://rt.com/news/syria-people-home-rima-831/
    http://rt.com/news/syria-people-home-rima-831/ | 26.12.2012 | 09.13Hver comentário denunciado
  • Caro Alexandre . . . ! Não desanime . . . ! Homem de "Deus" . . . ! E, mantenha . . . ! A "nalguinha" . . . ! Bem "asseada" porque . . . ! O "fim do mundo"já era . . . ! E, se tiver dúvidas . . . ! Consulte o seu "oráculo" intestinal. . . !Porque sou estivador...e ...do Komité Central . . . ! ! !
    Alexandre Cagueira | 25.12.2012 | 15.34Hver comentário denunciado
  • Se o seu texto não fizesse referencia aos jogos de computador para adolescentes, eu ia pensar que este texto tinha sido escrito na Grande Depressão de 1929 -1939. É que tudo o que disse se poderia aplicar de forma crítica a esse mundo e a esse tempo. E assim, ao contrário daquilo que afirma, fico com esta sensação de que não vivemos nada de novo hoje em dia, porque desequilíbrios económico-financeiros, fruto de ganância, mau planeamento, falta de visão, excedentarismo, redundância, sobrecapacidade, consumismo desenfreado, sindicalismo cego, contabilidade criativa, especulação, fraude económica, alavancagem financeira, crédito privado e endividamento público, podem sempre acontecer, o que muda é a capacidade para estarmos suficientemente preparados para não perder qualidade de vida com esses choques desequilibradores. E essa capacidade, graças ao meios que temos hoje para produzir individualmente e de forma sustentável e auto-suficiente conhecimento, informação, energia e alimentos próprios, é cada vez maior.
    João Castro | 23.12.2012 | 15.10Hver comentário denunciado
  • Caro ALEXANDRE CAGUEIRA . . . ! Por favor . . . ! Não "borres" mais . . . ! A "malguinha" . . . ! Tem cuidado . . . ! ! !
    alexandre barreira | 23.12.2012 | 13.43Hver comentário denunciado
  • Caro JLPA . . . ! Não desanime . . . ! Homem de "Deus" . . . ! E, mantenha . . . ! A "nalguinha" . . . ! Bem "asseada" porque . . . !É o "fim do mundo" . . . ! E, se tiver dúvidas . . . ! Consulte o "oráculo" . . . ! Do Conselho Seminarista . . . ! ! !
    Alexandre Cagueira | 22.12.2012 | 17.02Hver comentário denunciado
  • Que não te cales nunca JL, nesta denuncia da vergonha! Vamos ao trabalho então, o de livrarmo-nos deste pesadelo. e bom Natal!
    Anonimo do costume | 21.12.2012 | 08.54Hver comentário denunciado
  • Caro JLPA . . . ! Não desanime . . . ! Homem de "Deus" . . . ! E, mantenha . . . ! A "malguinha" . . . ! Bem "asseada" porque . . . ! Hoje é o "fim do mundo" . . . ! E, se tiver dúvidas . . . ! Consulte o "oráculo" . . . ! Dos "Passos do Concelho" . . . ! ! !
    alexandre barreira | 21.12.2012 | 07.16Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE