COLUNA VERTICAL

O Dia da Mulher

07 | 03 | 2017   21.59H
José Luís Seixas
Colhi no exemplo materno uma lição eloquente sobre a compatibilidade entre as realizações profissional e familiar, as duas faces necessárias e complementares de uma vida de plenitude. Ouvi em discurso directo as descrições dos obstáculos vencidos pela pertinácia das mulheres que ousaram perseguir o direito à sua carreira e ao exercício da cidadania. Esses episódios, observados sob prisma da realidade de hoje, constituem ilustrações distantes de tempos antigos marcados por outros paradigmas de comportamento colectivo. Por isso, o cortejo de simbolismos que o dia 8 de Março geralmente convoca pouco mais representa do que a evocação de um acervo de simples curiosidades históricas. Vivemos o seu contraciclo. A trilogia dos poderes dominantes – opinião pública, comunicação social, tribunais – está crescentemente controlada por mulheres; as universidades afirmam a supremacia das alunas em qualidade e em número; a predominância feminina nas chefias das empresas e da Administração Pública é circunstância emergente e de tangível evidência. Em dezenas de anos ocorreu uma revolução silenciosa, mas irreversível e efectiva. E, ao contrário das profecias feministas, eivadas de um sexismo epidermicamente maniqueísta, os homens revelaram uma assinalável capacidade para aceitarem, tranquilamente, o comando das mulheres. É pouco, afirmam as militantes da causa, coevas da incineração dos soutiens e de outros gestos de igual alcance emancipatório, repristinando a questão da paridade na representação política. O preço é alto para muitas mulheres que concentram em si expectativas de uma exigência acrescida. Os valores sociais dominantes não ajudam, impelindo-as a terem de ser tudo e tudo de uma só vez. Alertava Alain Minc: «Senhoras feministas, desconfiem das vossas filhas: arriscam-se a que elas rejeitem em bloco as regras, as muralhas e as pontes levadiças com que vocês acharam boa ideia proteger a condição feminina». Avisada interpelação. Ou será profecia?
© Destak
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE