OPINIÃO

A importância do Turismo em Lisboa (I)

22 | 03 | 2017   22.42H
Duarte Cordeiro (Vice-Presidente da Câmara de Lisboa)
O Turismo representa um segmento fundamental do nosso tecido económico nacional, sendo inegável o seu peso e importância para a cidade de Lisboa. Segundo o estudo promovido pela Associação de Turismo de Lisboa (ATL), a propósito da comemoração dos seus 20 anos, o impacto do Turismo na cidade em 2015 foi superior a 6 mil milhões de euros, com uma taxa de crescimento média anual de 9,5% nos últimos dez anos, valendo 14,5% do PIB da cidade e representando mais de 80 mil postos de trabalho. A ATL estima que em 2016 tivemos 858 milhões de euros de Proveitos na Hotelaria e atingimos os 10 milhões de dormidas na Região de Lisboa, objetivos previstos apenas para 2019. O Turismo é o grande setor exportador de Lisboa. Para os lisboetas, o Turismo tem uma importância acrescida, sendo um setor que estimulou a construção e a reabilitação, o comércio e a restauração, a oferta cultural e a atração de eventos nacionais e internacionais. Tem reforçado as dinâmicas de internacionalização da cidade e da captação de talento, atraindo empresas, empreendedores, estudantes ou novos residentes. A qualidade de vida da cidade e o potencial de lazer que esta oferece são de importância estratégica para manter e reforçar esta atratividade. Quando desenvolvemos projetos de qualificação de espaço público como o Cais do Sodré, o Campo das Cebolas ou o Eixo Central estamos a potenciar a cidade para quem cá vive mas também a potenciar o Turismo. Melhorar transportes públicos, alargar redes de ciclovias ou arrancar com o programa de bicicletas partilhadas oferece resposta a residentes, estudantes, trabalhadores mas também melhora a estadia de quem nos visita. A qualidade de vida da cidade é o factor chave para a sustentabilidade do Turismo.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE