OPINIÃO

100 Coders

05 | 04 | 2017   22.38H
Duarte Cordeiro (Vice-Presidente da Câmara de Lisboa)

Na semana passada, tive o privilégio de participar na entrega dos certificados a 17 alunos do #6 Coding Bootcamp da Academia do Código, uma empresa da Startup Lisboa. Este é talvez um dos projectos, nascido e criado em Lisboa, mais importante e com mais futuro que conheci, que se tem expandido para todo o país.

Tudo começou com uma candidatura vencedora ao Orçamento Participativo de Lisboa de 2014. O objetivo era requalificar desempregados com formação superior dando-lhes uma formação de código de programação em 14 semanas que lhes permitisse estarem preparados para trabalharem imediatamente no sector das tecnologias de informação.

Não podia haver objetivo mais relevante tendo em conta o nível elevado de desemprego jovem do nosso país e a necessidade de recuperarmos dos anos da crise. O primeiro Bootcamp (nome dado à formação), apoiado pela Câmara de Lisboa, ocorreu em Setembro de 2015, com 15 alunos selecionados.

Passaram dois anos e chegámos ao aluno número 100: aos 100 coders. O nível de empregabilidade registado foi de cerca de 100% e Lisboa conseguiu com este programa reter talento e satisfazer a procura crescente destes profissionais.

Quase 100 desempregados com formação superior que encontraram emprego, encontraram uma solução para a sua vida sem necessitarem de emigrar.

Estão de parabéns os fundadores e dinamizadores da Academia do Código, o Domingos, o João e a Catarina, e espero que prossigam o seu sonho, tomando de assalto o país com a sua energia.

Seria central para o nosso futuro colectivo encontrar uma solução que permita escalar este projecto para a dimensão nacional, aumentando e acelerando os seus resultados.

Em Lisboa, temos orgulho deste marco e continuaremos a dar o nosso contributo para que esta revolução não pare.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE