PUBLICIDADE
ESTRANHO QUOTIDIANO

A velha do Restelo

24 | 07 | 2009   08.16H
J.L. Pio Abreu

Enquanto a frota de Vasco da Gama aguardava a partida, «um velho, de aspecto venerando, (…) tais palavras tirou do experto peito: - A que novos desastres determinas de levar estes reinos e esta gente? (…) Que promessas de reinos, e de minas d'ouro, que lhe farás tão facilmente?». Como nos conta Luís de Camões, a frota partiu para a Índia enquanto o velho vociferava no Restelo.

Hoje, os tempos são outros. Já não temos a ambição de descobrir a Índia e, menos ainda, de partir para uma aventura desconhecida. Apenas queríamos um comboio de alta velocidade que nos ligasse à Europa e um aeroporto que nos levasse a todos os continentes, em especial ao americano.

Os tempos também mudaram porque, com o aumento da esperança de vida e a redução da natalidade, existem hoje mais velhos que marinheiros. Além disso, as mulheres, que vivem mais tempo, assumiram protagonismo e têm a sua voz, que é muito ouvida e ainda bem.

Imaginemos então a cena nos dias de hoje. Em vez de um velho, existiria um coro deles, talvez com uma veneranda ve-lha a dar o mote.

Então, a velha diria: «A que novos desastres determinas de levar estes reinos e esta gente?» Em pano de fundo, um coro de velhos responderia: «Ó glória de mandar! Ó vã cobiça desta vaidade, a quem chamamos Fama!». Finalmente, a veneranda remataria: «Dura inquietação d'alma e da vida, fonte de desamparos e adultérios, sagaz consumidora conhecida de fazendas, de reinos e de impérios

Com tal cenário, a frota nem teria saído do estaleiro.

© Destak

28 comentários

  • Vénus, que naif que a menina é. "Tempos houve em que os intelectuais eram verdadeiros contrapoderes"-Deixa-me rir. Sabe, os intelectuais também comem e nada satisfaz maus um intelectual que um bom almoço. Como estes nunca são de borla, pode imaginar. Os intelectuais são os serventuários do poder. Como o poder é rotativo, umas vezes estão IN , outras OUT .Mas comem todos da mesma gamela. E se puderem alapar o seu balofo traseiro na cadeirinha do poder, upa que lá vão eles, nem que seja só um cheirinho.Quando não estão lá na cadeirinha do poder, alapam nas universidades. Quer exemplos ? Vasco Graça Moura e Eduardo Prado Coelho e Nuno Judice . São só 3 exemplos , poderia dar mais . Aliás fica sempre bem ao poder uns quantos intelectuais amestrados.
    CASTRADORA | 28.07.2009 | 11.39Hver comentário denunciado
  • Mas, atenção quando me refiro a dotar o país de uma infraestrutura de internet em fibra óptica, não se trata de ligar "1 milhão de casas" (pois, isto não é nada), e sim de ligar todo o país de forma equivalente ao que se passa hoje em dia em termos de ligação telefónica por fio de cobre!
    ... | 28.07.2009 | 10.18Hver comentário denunciado
  • Gostava de saber porque raio nunca foi posto o Alfa Pendular a circular como deveria?
    Em vez disso, fala-se logo em fazer uma ligação em TGV, com custos elevadíssimos desde o projecto, bem como preços exorbitantes por viagem!

    Nem o factor de tempo da viagem Porto-Lisboa é convincente!

    Pois, se o Alfa Pendular pudesse circular à sua velocidade de cruzeiro conseguiria tempos de viagem muito inferiores aos actuais e esbateria ainda mais a diferença para o TGV, que de certeza nunca circulará em nada perto das velocidades conseguidas em linhas de outros países!

    É muito mais importante para o país realizar um forte investimento numa infraestrutura de internet de fibra óptica!

    Esta permitirá às empresas e particulares usufruir de uma ferramenta essencial para se desenvolverem e modernizarem, evitando muitas das deslocações e viagens actuais por motivos de negócios como sejam reuniões, colóquios, entrevistas e outros, passando estes a fazer-se via internet com menores custos e muito maior rapidez e flexibilidade.

    Isto sim é que é um investimento com grande retorno de benefícios para o país.

    Não se pense que o TGV vai ser usado para o transporte rápido de mercadorias, pois não é essa a sua função!
    ... | 28.07.2009 | 10.14Hver comentário denunciado
  • Só falta dizer o nome da velha. Pensando melhor nem sequer é necessário. Já todos sabemos quem é a figura...
    B. Lino | 27.07.2009 | 16.09Hver comentário denunciado
  • Por que razão tanto esperam que a história se repita? E se desta vez o "velho do restelo" tiver razão? Sim, os cérebros deste país estão a abandoná-lo, mas desta vez é porque os ambiciosos do dinheiro e do poder estão a transformar o país num chiqueiro com as suas perspectivas aparoladas de "progresso", e, nessa obsessão, não ouvem sequer os cérebros do país. Quando se entrega um país a interesses estrangeiros e a empreiteiros do betão, os cérebros desse país naturalmente acham chegada a altura de escolher outro local onde haja base lógica na vivência e no que se faz. Portugal tornou-se um disparate, é tudo a disparatar cada um para seu lado, pelo que, estavam à espera de quê? Lamento, mas as novas "velhas do restelo" têm razão, não incluindo nelas a senhora Manuela Ferreira Leite. A questão de Portugal não é sequer de partidos, é de incompetência generalizada, e de cultura da incompetência. Por exemplo. A cidade do Porto está deserta de habitantes. Alguns iluminados passaram a organizar concertos de música rock pela noite dentro em algumas ruas da cidade, para "povoar a baixa". Ora, se os cérebros desses organizadores, que têm poder, não são capazes de entender que quem por ali mora necessita e tem direito a noites de descanso, a pergunta que se segue é: então, o que serão os cérebros desses organizadores capazes entender? A situação é tão ridícula que é preciso serem os estrangeiros que visitam os hotéis da cidade a queixarem-se do assunto para que esses organizadores se interroguem sobre a questão. Sem dúvida Portugal é hoje gerido por coisas bem vestidas mas com um assustador défice de miolos. E as pessoas com cérebro sentem-se constantemente agredidas em ambientes como esses, e fartam-se, e por isso emigram. A crónica do senhor Pio, no entanto, na sua forma, é uma belíssima crónica. Parabéns pela forma.
    EMIGRANTE | 26.07.2009 | 11.17Hver comentário denunciado
  • #$&% F*d*-se #$&% C*r*lh* mas em 500 anos não aprendemos nada? será que os fantasmas dos velhos do Restelo nos aparecem sempre em cima fonix... a mumia da Manuela Ferreira Leite não tem mais nada que fazer?, que pena que existem hoje mais velhos que marinheiros e o pior meu caro J.L. Pio Abreu é que 20% dos universitarios estão a emigrar, sim é verdade os cerebros deste Pais estão a sair daqui, e não digam que Portugal não tem cerebros, ora se temos o melhor treinador de futebol do mundo e melhor jogador de futebol do mundo, que por acaso emigraram também temos dos melhores do mundo em todas as areas, pois é infelizmente emigraram ou estão em vias de o fazer, então se as velhadas do Restelo ganharem as eleições então é que tudo para de vez....
    Charles | 26.07.2009 | 00.18Hver comentário denunciado
  • Isto assenta-lhe, Dr Pio: "Tempos houve em que os intelectuais eram verdadeiros contra-poderes. Hoje, e depois da ‘traição’ de que falava Julien Benda, os intelectuais servem apenas para enfeitar os poderes."
    Retidado do blog "Aeducação do meu Umbigo".
    venus | 25.07.2009 | 23.09Hver comentário denunciado
  • 25.07.2009 | 20.25Hcomentário reprovado
  • Os Lusíadas - O Velho do Restelo, de Luís Vaz de Camões
    »»»
    Canto IV – Episódio O Velho do Restelo (oitavas: 90 a 104)
    »»»»»»
    «um velho, de aspecto venerando, (…) tais palavras tirou do experto peito: - A que novos desastres determinas de levar estes reinos e esta gente? (…) Que promessas de reinos, e de minas d'ouro, que lhe farás tão facilmente?»
    »»
    «A que novos desastres determinas de levar estes reinos e esta gente?»
    »»
    «Ó glória de mandar! Ó vã cobiça desta vaidade, a quem chamamos Fama!».
    »»
    «Dura inquietação d'alma e da vida, fonte de desamparos e adultérios, sagaz consumidora conhecida de fazendas, de reinos e de impérios.»
    Doutor J.L. PIO ABREU, não é só escrever Cónicas, como certos obreiros de croniquetas, é também necessário ter cultura vasta e ter lido muito. Sem lêr muito não se escrevem Crónicas deste teor!
    PROMETHEUS | 25.07.2009 | 08.30Hver comentário denunciado
  • A velha é esperta como só os velhos sabem ser . A velha não apresenta ideias porque não as tem , e como não tem ideias , ninguém as põe causa ou ataca .A verdadeira condensa de Abrunhos. Não precisa de defender uma ideia ,basta-lhe simplesmente atacar e desgastar quem tem um programa e um projecto. Mais ao menos como o Paços de Ferreira quando joga na Luz , não joga mas também não deixa jogar . O mais giro é que , aposto a minha dentadura ( num copo ) , se chegar ao governo vai avançar com todos os projectos de investimento que agora põe em causa. Mas aviso vos meninos , quem está atrás dela são os verdadeiros lobos. A avozinha vai abrir a porta ao lobo mau . O neo liberais estão ai , o António Carrapatoso já está a afiar o dente .Largou a Vodafone , cheira a poder. Sempre que este homem sai á luz do dia , cheira a enxofre . Tenham medo , muito medo .
    CASTRADORA | 24.07.2009 | 22.52Hver comentário denunciado
  • Pio Abreu com Luis de Camões? Ombros de gigantes! É bom voltar a ver gente cá da terra a fazer-se ouvir com arte. Os meus cumprimentos, Senhor Professor.
    Coimbrão | 24.07.2009 | 19.18Hver comentário denunciado
  • GANDAMALUCA, a necessidade aguça o engenho. Quando o dinheiro torna-se curto, é quando a cabecinha pensa mais. Pensa nisso.
    Como sempre o texto do nosso caro Pio está um espectáculo. Não concordo apenas com o último parágrafo.
    A frota abalaria sim, que o português é optimista pá. :) O português (empresário) está a ver que está a fazer merda e continua pá, porque faz fé que alguém o salve da merda quando ela já lhe estiver pelo pescoço ...
    O. Maia | 24.07.2009 | 17.57Hver comentário denunciado
  • Ora, "viva o velho" ou melhor, a velha. Uma boa receita para quem tiver problemas digestivos: basta olhar para ela e vomitamo-nos todos. Outra boa receita para o fígado: até a icterícia foge quando com ela se depara. Também não podemos esquecer a visão: um estrábico corrige ao olhar para ela. E a economia? Pois, aqui também resulta: a dieta da fome-seca. Enfim, completem.... Viva a velha!
    IDOSO | 24.07.2009 | 16.47Hver comentário denunciado
  • O.MAIA o tempo de esperar sentado pelos subsidios já foi, foi no tempo dos cavaquistas gordos, agora fogem nas marés para os lados da europa de leste. Por isso agora ou nos fazemos á vida ou morremos na praia a esperar e a vê-los passar. O tempo das vacas gordas dos imperios e das vacas gordas dos subsidios morreu, nesse tempo as velhas e os velhos do restelo tinha espaço para existir, era só preciso esperar, agora só temos tempo é para correr se não ficamos para sempre no fim da corrida da Europa, de onde nunca saimos nem á conta dos subsidios, imagine-se sem eles
    GANDAMALUCA | 24.07.2009 | 15.07Hver comentário denunciado
  • Fabuloso! Então os moralismos do "fonte de desamparos e adultérios" cai que nem uma luva!
    Markus | 24.07.2009 | 14.14Hver comentário denunciado
  • Eh pá, digam lá que o meu AMOR não está inspirado????
    E agora roam-se de inveja! Sabem muito bem de onde lhe vem a inspiração poética... MOI : )))))))))))))
    E ainda não viu os mails...
    JFK | 24.07.2009 | 12.56Hver comentário denunciado
  • Por partes:
    O pessoal fez-se ao mar porque:
    - uns, os navegadores, subsidiados, pela Coroa, queriam era aventura;
    - outros, grumetes, serviçais, 'subsidados' pela expedição, queriam livrar-se da falta de comida em terra; arranjaram o escorbuto no mar;
    - outros ainda, os que entraram com o guito - Coroa -, queriam RIQUEZAS.
    'Hoje, os tempos são outros.'
    Pois, hoje as riquezas (chamam-lhes SUBSÍDIOS) vêm ter connosco, pelo que é só ESPERAR SENTADO.
    Hoje, os marinheiros são poucos e de fraca qualidade. Habituaram-se a esperar na praia pelos caixotes carregados de ouro que de vez em quando dão à costa. Porquê arriscar-se a navegar?
    Ainda se vai navegando. Mão não em mar alto. Navega-se em águas estagnadas. Demasiados barcos em águas estagnadas não dão nem têm espaço para se mexerem.
    A frota continua a sair do estaleiro. Mas sem cartas, sem bússola, sem astrolábio. Perde-se irremediavelmente.
    (até eu estou admirada eheheeh)
    O. Maia | 24.07.2009 | 12.31Hver comentário denunciado
  • Pois, Dr Pio, para a frente é que é o caminho...nem que, estando tão contentes a admirar-nos, não vejamos o precipício que está adiante!...
    venus | 24.07.2009 | 12.24Hver comentário denunciado
  • Continuando a falar da velha do Restelo (a Ferreira Leite) e dos velhos do PSD, que neste momento a unica estrategia que têm é criticar por criticar. Onde estão as soluções para tirar Portugal do defice, sim porque defice é unica preocupação da velha, pois vão ver a velha, se esta formar governo a nos ir aos bolsos que nem uma louca até que consiga controlar o defice,depois do defice controlado, o programa de governo do PSD esta completo e a velha pode ir para casa ver novelas da TVI e fazer croche. É esta a alternativa ao Socrates??? ou a velha acha que o povinho não precisa de saber o que ela tem em mente se for governo??
    penelope | 24.07.2009 | 12.19Hver comentário denunciado
  • Doutor, pura e simplesmente, adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. Dizem que a velhice é um posto e eu concordo: um posto para cuidar dos netos, hi, hi, hi... Para quem os não tenha que se dedique ao voluntariado ou outras formas de caridade. Mas quando muitos velhos se reúnem numa associação temos uma "velharia", óptima hipótese para uma feira de antiguidades. Deixem os novos pensar e agir e os velhos que se remetam aos silêncios das suas recordações e meditações. Tenho pena de ver este meu país a envelhecer, ainda por cima, com sémen de gente nova. Sou daqueles que não irei para a Ribeira ver a nau partir ou ser amarrada às colunas renovadas, mas fuhirei para o cimo da montanha e grotarei bem alto "Meu Deus, por que me abandonaste?".
    FIFI | 24.07.2009 | 11.56Hver comentário denunciado
  • "Que quer a dr.ª Manuela? Não se sabe, a não ser a sua ânsia de rasgar tudo o que Sócrates fez nos domínios do social. Só isso é, já de si, assustador, e criaria uma tessitura de conflitos cujos resultados seriam imprevisíveis. Os disparates que a senhora diz, com emocionante regularidade, têm uma importância de somenos. Mas reflectem as características do que pensa: uma privação absoluta de consciência social, que a torna extremamente perigosa. Não por ela, sim pelo que consigo arrasta e precipita."
    Baptista-Bastos no DN
    JFK | 24.07.2009 | 11.44Hver comentário denunciado
  • 24.07.2009 | 11.25Hcomentário reprovado
  • The most beautiful sound I ever heard:
    Maria, Maria, Maria, Maria . . .
    All the beautiful sounds of the world in a single word . .
    Maria, Maria, Maria, Maria . . .
    Maria!
    I've just met a girl named Maria,
    And suddenly that name
    Will never be the same
    To me.
    Maria!
    I've just kissed a girl named Maria,
    And suddenly I've found
    How wonderful a sound
    Can be!
    Maria!
    Say it loud and there's music playing,
    Say it soft and it's almost like praying.
    Maria,
    I'll never stop saying Maria!
    The most beautiful sound I ever heard.
    Maria.
    JFK | 24.07.2009 | 11.20Hver comentário denunciado
  • A velha do Restelo só pode ser mesmo a velha Ferreira Leite
    anonimo | 24.07.2009 | 10.54Hver comentário denunciado
  • Eu venho já aqui. Há aqui qualquer coisa que ...
    O. Maia | 24.07.2009 | 10.48Hver comentário denunciado
  • Sim sr. Dr, Pio, excelente não posso concordar mais ehehe para completar a parodia, eu vejo o Socrates á frente de um comboio de alta velocidade dizendo vamos em frente com o resto do PS e na estação estaria a velha Ferreira Leite e oo resto dos velhos caqueticos do PSD a a agoirar tudo o que possa trazer desenvolvimento, porque isto das altas velocidades já lhes dá demasiado volta aos seus estomagos carcomidos e velhos
    GANDAMALUCA | 24.07.2009 | 10.38Hver comentário denunciado
  • AHAHAH! Está muito boa esta crónica e que grande sentido de humor. Refresca--nos a mente, assaltada por tanto ruído destruidor.
    amália | 24.07.2009 | 10.26Hver comentário denunciado
  • Delícia!
    Havia mais para dizer, mas agora não tenho tempo....
    VITÓRIA DE SAMOTRÁCIA | 24.07.2009 | 09.19Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE