PUBLICIDADE
OPINIÃO

ELA: há vinte anos aberta ao público

02 | 07 | 2019   16.24H
Eduardo Vítor Rodrigues (Presidente da Câmara de V. N. Gaia)

A 1 de Julho de 1999, a Estação Litoral da Aguda, em Vila Nova de Gaia, abria as suas portas ao público, com a ajuda de um alemão que se apaixonou por uma praia ‘pintada’ de barcos, pescadores e muitas histórias para contar. A Aguda conquistou o coração de Mike Weber e, decorridos vinte anos desde a abertura deste espaço, a paixão permanece igual. Prova disso é que, ao longo destas últimas duas décadas, a ELA nunca fechou as suas portas, nem aos domingos e feriados. Cerca de 400 mil pessoas já passaram por um espaço que nos convida, diariamente, a conhecer a riqueza do fundo do nosso mar e da atividade da pesca.

Importa destacar o grande papel que a ELA tem desempenhado na área da educação ambiental, para todos os níveis pedagógicos e todas as classes etárias. Além disso, desde 2006, tem sido notável o trabalho de envolvimento na investigação científica sobre o lavagante europeu, um projeto de marcação, recaptura e cultivo, a longo prazo. Até ao momento, já foram lançados 400 lavagantes marcados ao mar e a taxa de recaptura atingiu os 10%, dados que servem para calcular o crescimento em ambiente natural.

A propósito destes vinte anos de vida, foi, recentemente, lançado um guia que reúne toda a informação relevante sobre a ELA, em três línguas. Esta obra apresenta o Museu das Pescas, o Aquário e o Departamento de Educação e Investigação, fazendo, ainda, referência a dois projetos em que a ELA vai estar envolvida nos próximos anos, nomeadamente o Portinho da Praia da Aguda e o Centro de Mergulho e Talassoterapia da Aguda.

Por tudo isto, vale a pena vir conhecer a Estação Litoral da Aguda e o trabalho verdadeiramente cativante da equipa liderada por Mike Weber. Obrigado por se ter apaixonado pela Aguda!

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE