PUBLICIDADE
INSTANTES

Momentos em que estamos sós

15 | 07 | 2019   22.45H
Luisa Castel-Branco

Há momentos na vida em que nos é difícil falar com os outros, participar das conversas de grupo, estarmos presentes nas gargalhadas e seguir as conversas com atenção.

Há momentos em que a nossa vida interior toma conta de nós, dos dias, das noites.

A cabeça não nos dá descanso e sentimo-nos perdidos e sós, sem ninguém a quem pedir ajuda, porque necessitaríamos primeiro de saber exactamente o que se passa connosco.

Olhamos à nossa volta, para a vida de cada um e ainda nos sentimos mais longe da realidade das pessoas com quem anteriormente mantinhos uma cumplicidade criada na vida do dia a dia.

Talvez seja essa a razão. A nossa vida torna-se de repente estranha a nós mesmos. Não sabemos explicar o que mudou, mas tudo mudou efectivamente.

As noites em branco, a ver nascer o dia, a luz a bater nas janelas das casas em frente. Todos dormem. A cidade dorme e começa a acordar de mansinho. Passa um carro, e depois outro, em silêncio. Há gente que caminha para algum lado, mas a luz ainda mal nasceu e as imagens parecem pertença de um filme antigo.

O silêncio mantém-se o resto do dia, mesmo quando todos falam.

E nós sorrimos. E nós abanamos com a cabeça, dizendo que sim ou que não, como autómatos.

Não sabemos o que esperar, nem se temos algum sonho ou desejo que não se concretizou. Não sabemos nada que justifique este mal de alma.

Olhos parados no ecrã da televisão e não vemos nada. Olhos parados no horizonte e não vimos nada.

Deve ser apenas a lua cheia. A conjugação astral. O barulho da vizinha do segundo andar. Tanto faz.

Só esperamos dia e noite que tudo passe. Que voltemos ao mundo dos outros e sejamos iguais a toda a gente. Há quem peça muito mais…

© Destak

1 comentário

  • Lindo, no sentido de que é mesmo o que neste momento sinto e não consigo verbalizar. Verbalizar desta forma tão lúcida, tão real, é a verdadeira fotografia do meu sentimento. É como se escritora se tivesse cruzado algures e me tirou esta fotografia. Parabéns pelo artigo.
    Belarmino Antunes | 16.07.2019 | 10.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE