PUBLICIDADE
EDITORIAL

Surpresas do país com mais «malucos»

25 | 03 | 2010   21.42H
Isabel Stilwell | editorial@destak.pt

Um em cada cinco portugueses sofre de perturbações psiquiátricas, segundo dados preliminares do primeiro estudo à saúde mental dos portugueses.

Número que o coordenador nacional de Saúde Mental, Caldas de Almeida, afirmou ser «surpreendente», já que é muito mais alto do que aquele registado nos restantes países europeus, nomeadamente nos do sul. A liderar estas perturbações psiquiátricas está a ansiedade (16,5%), seguida da depressão (7,9%), e do controlo impulsivo (3,5%), que inclui aqueles episódios de «zanga na estrada».

No capítulo da ansiedade incluem-se a ansiedade generalizada, as fobias (como por exemplo, medo das alturas, de espaços abertos), o stress pós-traumático e os ataques de pânico. O estudo conclui, ainda, que o tempo que medeia entre os sintomas e o pedido de ajuda é em média de cinco anos, e que mesmo nas doenças psiquiátricas graves há uma percentagem altíssima que não recebe tratamento.

Sinceramente, estranhei a surpresa, porque me parece que o número só pode pecar por defeito. Afinal sabe-se que Portugal é desde há muitos anos o país da Europa onde se consomem mais antidepressivos, ansiolíticos e hipnóticos. Sabe--se também que muitos portugueses não têm médico de família, o primeiro elo de ajuda nestes casos, e que a rede de cuidados de saúde mental está muito aquém dos mínimos exigíveis.

Para explicar a contradição entre o consumo de medicamentos e a falta de gente tratada, Caldas de Almeida afirmou: «Provavelmente temos pessoas, que não precisam, a tomar estes medicamentos e os que realmente precisam a não tomar nada». Abri a boca de espanto: então se uns tomam medicamentos para aquilo de que não sofrem, e se os outros não os tomam apesar de precisarem deles, de facto os números só pecam por defeito. Somos todos doidos.

© Destak

10 comentários

  • Se a demência for contagiosa somos Dez milhões.
    Milhazes | 28.03.2010 | 20.43H
  • Acham que isto é de surpreender? Reparem no desemprego, custo de vida,falta de civismo,consumo de drogas, emprego precário, abuso de bebidas alcoólicas, stress,famílias desavindas,recorrência ao crédito. As más políticas são em grande parte as causadoras destas perturbações que contribuem para a má saúde mental dos portugueses.Este mundo é uma bola,quem anda nele é que se amola.
    antónio | 28.03.2010 | 14.37H
  • Ah, ganda maluca! Eu sabia...
    Roberto | 26.03.2010 | 20.01H
  • No caso daqueles que tomam medicamentos para males que não sofrem, a doença ou mal tem o nome de hipocondria ou nosomania. Alguns jovens já tomam o antibiótico para curarem simples dores de garganta, o que é grave, quando um simples chá serve de anti-séptico.
    Dr. Kardec | 26.03.2010 | 19.22H
  • Nós não éramos doidos. Os anglo-saxónicos é que vieram para cá mandar e abrir jornalecos e acabaram por passar um pouco da sua loucura.
    LOUQUINHO DOS CABEÇA | 26.03.2010 | 12.04H
  • Não vale a pena dramatizar, de génio e de louco todos temos um pouco... :)
    Charles | 26.03.2010 | 11.32H
  • E se nesses numeros entrassem as mulheres iria chegar a conclusão que somos o país do mundo com mais malucas
    dass | 26.03.2010 | 11.11H
  • Quem não se sente, não é filho de boa gente: se o teu pai é doido, a tua mãe é doida, os teus colegas são doidos, os teus amigos também, os teus governantes são doidos, etc...então porque não hás-de ser tu também doido?
    doido | 26.03.2010 | 10.49H
  • Então desde o 25/4 para cá, tem-se agravado substancialmente . . . !
    alexandre barreira | 26.03.2010 | 07.09H
  • com este artigo ja entendi o conceito de doença mental, era o artigo quer me faltava, para aumentar o meu peculio do conceito de doença mental. fobia á altura, espaços fechados, zangas na estrada, etc etc doença mental? afinal andei a tratar de malukos ate agora e nao sabia.... eu tenho medo de leoes,muito mais de leoas, que sao elas que caçam, afinal isto é fobia. eu pensava que era medo de ser caçado que me fazia medo as leoas, vou enfrenta-las de frente... fujas leoas.... que pais de malukos e eu nao sabia, andava distraido eheheh.
    temos sorte que no algarve so há gatas escondidas com rabo de fora... miau
    jorge monteiro-algarve | 26.03.2010 | 02.25H
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE