PUBLICIDADE
OPINIÃO

Porque não se calam?!

14 | 06 | 2010   20.50H
Luisa Castel-Branco

As notícias repetem-se dia após dia, sempre as mesmas: As fraudes, a corrupção, as mentiras ou meias verdades dos políticos, as reformas principescas de alguns, os ordenados principescos de outros, as comissões de inquérito que não chegam a conclusão nenhuma, o ministro que hoje diz uma coisa e amanhã outra, o secretário de Estado que desmente o ministro.

O processo Casa Pia, Face Oculta e todos os outros que se arrastam como cadáveres em decomposição. Há TGV ou não? E as pontas e o aeroporto?
Ninguém sabe. Ninguém consegue perceber onde começa e acaba a verdade dos factos, ou se esta se adapta consoante quem a diz ou escreve. E depois os comentadores económicos! Basta ouvi-los para nos sentirmos tentados a um suicídio colectivo!

Mas, o pior de tudo, é que o povo não quer saber disto tudo, está saturado de tanta lavagem de roupa suja e, principalmente, de ninguém lhe explicar o que vem a seguir, de alguém lhes dizer: Isto vai ser difícil mas daqui a… vamos estar melhor!

Qual quê! Cada responsável que abre a boca só vem confundir mais. Falam todos no mesmo tom de sempre, as mesmas palavras de sempre. Vazias. Ocas.

E quem vai à farmácia, ao super, quem paga creches e lares da terceira idade, é quem olha com mais desdém e tristeza para isto tudo. Ainda bem que vem aí o Mundial. Ainda bem.

Desta vez à portuguesa sem bandeiras nas janelas, aqui e ali com o hino nacional, mas boa parte dos portugueses vai esquecer esta vergonha que é o país dos políticos durante alguns dias.
Que do país real, eles não sabem nada.

© Destak

11 comentários

  • Ao menos os eus comentarios leem-se bem!ja nem faco o meu , junto a minha voz a sua /nossa!
    makoura reynolds | 29.07.2010 | 07.20Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Querida Luisa, eles se falam tanto é para confundir, senão o zé povinho ficava elucidado e via com toda a clareza quem são e o que fazem e isso não convém senão ficam mal "na fotografia".
    pedro lindo | 19.06.2010 | 22.02Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • "Façam o que eu digo, não façam o que o eu faço" e anda tudo a dar conselhos aos outros. Ora aqui está um bom exemplo por que é que o mundo não muda. Se as pessoas não se mudam a si próprias, como querem que os outros o façam? Não resisti desta vez pois isto é o tipico comportamento do mundo em geral.
    Anda muita gente a "trabalhar" simplesmente a falar e a dar "conselhos" que nem eles próprios os seguem.
    Maria | 18.06.2010 | 09.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Boa Luísa, 90% dos portugueses têm a mesma opinião
    Maria Pátria
    Maria Pátria | 16.06.2010 | 18.42Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Anime-se Luísa. Saia que a Nicole Kidman quer voltar a ser mãe? :))) É uma das muitas notícias deste jornal! :)))
    ZEZERO | 15.06.2010 | 20.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Luisinha: continuo a ler os seus artigos com atenção, porque são a voz da razão. Eu também escrevo para mim e entre uma centena de crónicas que escrevi e guardei, há uma que escrevi há 20 anos, depois de vir de Angola espoliado e refugiado pois sou de lá natural. Essa crónina intitula-se "Depois da Descolonização, a Hibernação". O tema é muito actual e o que se está a passar foi o que eu previ logo que fui obrigado a abandonar a minha Terra. Hoje vivo refém de um Estado falido e com uma pensão de fome, não sei por quanto tempo. Cumprimentos e continue a escrever como tão bem sabe fazer. Rui Serrano
    Rui Serrano | 15.06.2010 | 14.03Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Já o Rei de Espanã, dizia: Porque não te calas.
    José | 15.06.2010 | 12.57Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Luísa, quer um conselho? Leia menos jornais da sargeta. Eles é que têm a mania que "fazem" a opinião públlica.
    anónimo | 15.06.2010 | 09.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Em vez de "Porque não se calam?!, diria por que não os calamos!? Todos sabemos que esta gente não tem vergonha de espécie nenhuma. Um dia diz uma coisa e no outro o seu inverso ou a negação. O principal problema neste momento é que nenhum dos partidos quer perder terreno. Querem manter os seus séquitos no parlamento. Para haver derrube do governo seria necessária a união da oposição. Acontece que o PSD ganharia deputados, mas não os suficientes para a maioria absoluta. Os restantes partidos (PCP, CDS, BE e VERDES) perderiam deputados. Que dilema este para estes charlatães! E o que interessa verdadeiramente ao estado e ao povo? Ao estado interessa a opressão económica, através da contenção ou redução salariais; ao povo interessa o oposto. De entre estes dois interesses antagónicos, só um vencerá: o ESTADO.
    E o meu bom povo, o que sobrará para ele? Não sobrará mais nada do que uns ossos caídos das mesas dos senhores feudais. Triste sina esta! Ao povo nada mais restará do que voltar a empunhar foices, martelos, enxadas, pás, picaretas... e trespassar, com toda a coragem o peito desses barrigudos bolémicos.
    SINHÁ | 15.06.2010 | 09.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Isto faz-me lembrar um velho poema que poderá ser aplicado a esta situação e aqui fica: Eu sou o poeta da tanga,
    dos meus olhos só nvejo toupeiras,
    da minha boca só saem asneiras.
    krofetys | 15.06.2010 | 08.28Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • É verdade, andamos há 36 anos nisto (a que chamam democracia) . . . !
    alexandre barreira | 15.06.2010 | 06.44Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE