PUBLICIDADE
OPINIÃO

Teflon®

03 | 11 | 2010   20.39H
João César das Neves | naohaalmocosgratis@ucp.pt

Não é fácil, mas tente olhar José Sócrates em termos puramente estéticos. Abstraindo da gravidade da situação e influências na nossa vida, considerando apenas a capacidade de manipulação e sobrevivência política, Sócrates é espantoso.

Fiascos, crises, mentiras e inversões passam sem efeitos. Nunca é afectado pela realidade, não cede a escrúpulos, não teme escândalos. Sobreviveu às dúvidas sobre a sua licenciatura em Março de 2007, os casos Freeport desde 2005 e Face Oculta desde 2009 e os ataques mais violentos. É impressionante a capacidade de inverter compromissos, mudar de carácter, esquivar-se de golpes. Como nas panelas de Teflon, nele tudo desliza sem pegar.

Hoje a crise é gravíssima, paralisa a economia, desanima a sociedade, danifica a imagem internacional. O Governo, no poder há cinco anos, afunda-se em culpas, contradições, hesitações, bloqueios. Normalmente já teria caído ou sofreria sondagens mise-ráveis e atitude defensiva, acossada ou apática. Assim foram John Major, George Bush, agora Zapatero.

Sócrates não! Nunca se desculpa, nunca lamenta, nunca recua. Segue sempre em frente. No meio da tempestade perfeita mantém o ar inocente, triunfante até. E com razões. As sondagens são aceitáveis e a sua eficácia tribunícia permanece imponente. Quem o ouve é levado para um reino fantástico e sedutor onde, omitindo os fiascos, se olha com confiança o sucesso da próxima proposta. No campo orçamental roça o surrealismo.

A situação política está a fritar o Governo há anos e ultimamente o lume subiu. Mas Sócrates é Teflon.

© Destak

9 comentários

  • E em democracia um político vencedor não é isso mesmo, um belo tacho ou panela de teflon?
    Luis | 05.11.2010 | 17.22Hver comentário denunciado
  • Doutor, deve estar enganado. É que no meio de tanta merda, o Sócrates parece não cheirar diferente dos outros. O verdadeiro problema é esse! A única oposição que poderia ser alternativa não tem mostrado ao povo de que com eles algo seria diferente. Acabaram-se os conceitos de esquerda e de direita. Agora a ideologia é a mesma até na China, pasme-se: o CAPITAL.
    Uma certeza os portugueses estão seguros: com o PSD as medidas seriam bem mais duras no imediato. Se isso seria bom ou mau desconhecemos todos nós. No entanto fiquem-se com uma certeza: o que aí vem será a doer mesmo, seja com quem for no poder. Até agora tratam-se apenas de paliativos. À maioria dos portugueses isto ainda não dói nada. Está na hora de dar novos mundos ao mundo e fugir daqui quão breve quanto possível, antes que os tectos se abatam e as casas se desmoronem. No tempo do Soares tinhamos as coisas racionadas e os preços controlados. Lembram-se? Até o fiel amigo tinhamos de ir buscar a Espanha, sob a forma de contrabando e deixar alguns peixes nos fiscais da fronteira. E os que tinham dinheiro não podiam levantá-lo dos bancos nem gastá-lo a seu belprazer. Num agregado familiar onde um trabalhasse, o outro não tinha direito a subsídio de desemprego ou outro qualquer. E mais e mais...Foi há poucos anos. Nestas coisas, a história poderá repetir-se
    FIFI | 05.11.2010 | 01.39Hver comentário denunciado
  • Parabens - uma opinião a reter. Não podia concordar mais com a leitura que faz do nosso actual PM. Mas também compreendo quem, com uma visão limitada e politizada da vida não consiga abarcar o muito inteligente logro que aos poucos vai abraçando os portugueses. De nada valerá daqui a uns anos dizer que fomos bem enganados quando na altura de dizer basta dizemos: "coitadinho ninguem entende a sumidade de tal inteligencia e visão". É deveras uma sumidade alguem que nunca teve um emprego, nunca geriu uma empresa ou sequer um lar conseguir gerir um país. Porque será que somos mais exigentes na escolha do treinador da selecção que com a escolha do PM? Será que aumentar o numero de funcionários publicos e dar aumentos a professores para os calar conta como reformas? É isso que fazem em vossa casa com a mulher e os filhos? Sempre que reclamam dão uma prendinha para os calar e dizer que tudo vai bem no reino da fantasia? Que raio de educação! Não admira que as sondagens estejam como estão e o PM continue na crista da onda. Mas tenho que lhe tirar o chapeu no que respeita à oratória. É um excepcional orador e tal como nos filmes em que acabamos a torcer pelo ladrão e que escape à policia e fuja com o saco do dinheiro. Também no caso do nosso PM acabamos a torcer para que escape aos politicos vilões que o querem derrubar, fuja à policia e saque o dinheiro. FIM
    José Paulo Araujo Rodrigues | 04.11.2010 | 16.50Hver comentário denunciado
  • Boa Manuel.
    Embora reconheça muitas e muitas asneiras da parte do Sócrates também há que ser justo e reconhecer o que fez de bom, e foi muito como diz o Manuel, só acrescentando a ordem que está a implementar nos médicos e na politica dos medicamentos, nos professores, funcionários públicos e outros que até então ninguém teve a coragem de enfrentar.
    Não digo que hoje teria o meu voto, mas alguém me dá uma alternativa séria e credível?
    pedro lindo | 04.11.2010 | 15.50Hver comentário denunciado
  • Parabéns anónimo. De facto há gente que não se enxerga e se acha melhor que os outros e incapaz de reconhecer nos outros o esforço e as qualidades. De facto Sócrates tem o pecado original de ter chegado ao governo após um golpe de estado palaciano perpetrado pelo pior PR que vimos após Abril, mas tirado isso foi um PM fabuloso, apesar do acosso de iluminados mentais, do ministério público e sindicato de juízes que através dele também têm os portugueses completamente sequestrados, e da máfia dos interesses económicos que tem os seus testas de ferro nos jornalistas corruptos de televisões e jornais. O PM fez reformas extraordinárias e no futuro será lembrado por ter acabado com as lixeiras, promovido o Polis que nos deu espaços decentes nas nossas cidades, pela ASAE que pôs ordem nos mixordeiros, pelo horário continuado nas escolas, pela estabilidade dos professores nas escolas, etc., e só não lhe deixaram fazer o aeroporto que fará com que Portugal deixe de ser periférico e subúrbio de Madrid. Esso glória seria insuportável para o PSD.
    Que boa teria sido a vida do PM se tivesse dado a Belmiro de Azevedo o Jogo em Tróia, ou se lhe tivesse dado a PT que o teria tornado num dos homens mais ricos do mundo !!!
    Manuel | 04.11.2010 | 13.59Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Pelos vistos o problema do Sócrates é apenas uma questão de carácter. Não li crítica nenhuma às políticas do homem.
    Esta crónica poderia ser escrita pelo Claudio Ramos.
    anónimo | 04.11.2010 | 11.29Hver comentário denunciado
  • Teflon é um revestimento bom,mas há imitações,ele nem isso é!É um "caco"sujo e porco!
    Pereira | 04.11.2010 | 11.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Este ALEXANDRE BARREIRA está a tornar-se simplesmente fantástico! Ahahah.
    ESFREGÃO | 04.11.2010 | 11.16Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Ora aí está, meu caro . . . !
    Foi precisamente numa panela "Teflon", que a caldeirada de coelho com coxinhas de rã e bifinhos de elefante, foi devidamente preparada . . . !
    alexandre barreira | 04.11.2010 | 07.56Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE