OPINIÃO

Sócrates e a boa educação

22 | 02 | 2011   19.43H
José Luís Seixas

Alexandre Soares dos Santos, empresário que nunca dependeu do Estado nem se agachou perante os poderes instituídos, constatou a evidência de que Portugal está em recessão e considerou inadmissível o Governo não esclarecer com verdade os portugueses quando deles reclama tão severos sacrifícios.

Limitou-se, pois, a denunciar o facto e a verberar o seu escamoteio. O Primeiro-Ministro ripostou descabeladamente, apodando-o de ‘rico mal-educado’, ‘mal-educado rico’ ou coisa que o valha. Como se sabe, o conceito de ‘boa educação’ de Sócrates é superlativo, plasmado, aliás, em expressões e comportamentos que integram um interminável acervo de impertinências e jactâncias. Acresce que o Senhor Soares dos Santos alertou, unicamente, para a ‘mentira’. Ora, afirmar-se que este Primeiro-Ministro mente é uma banalidade.

No Parlamento, nos jornais, na rua. E o Senhor Soares dos Santos, que assegura milhares de empregos e que insufla na economia nacional competitividade e competência, terá tanta legitimidade como qualquer dos seus concidadãos para qualificar um governante como mentiroso se acaso o mesmo exibir uma incontrolável propensão para negar a evidência e faltar à verdade.
Com o respeito devido, julgo que o Senhor Soares dos Santos não tem razão. Acho que Sócrates já não mente. Pior. Sócrates acredita ser verdade a mentira que profere…!

© Destak

13 comentários

  • Um gatuno como tu fala de seriedade? Devias é ter vergonha nessa cara.
    Claudio | 25.11.2011 | 12.21Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Olhem, tudo isto é conversa da treta, pois toda a gente sabe que estamos metido com um governante que é um doido de pedante, ixibicionista de calçõpes em qualquer lado que vai, só tem dado mau crédito do país que tão respeitado foi e toda esta merda de gente consete e aplaude este careta de merda , que há muito deveria estar metido nu colete de forças num manicómio. Contudo, estes comentadores não passam de uns merdas, que andam sempre com estas tretas, porque também não têm ideias crediveis, para darem um bom exemplo a quem os lê, que seria incitarem à guerra civil, que é do que o país estã mais carenciado.PONTO FINAL. Estou farto desta merda. fodam-se.
    merda | 10.03.2011 | 22.58Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • POIS, POIS, NAO LI, NAO ESCUTEI, MAS SABENDO DE PELO MENOS UM AUTOR, SEI LOGO, COMO VAI ACABAR O BAILE.
    SOCRATES, QUE NEM ENG, É.INFELIZMENTE MANDARAM-NO PARA 1º MINISTRO, RODEADO, DE UM BOCA TORTA, SUJA E CHEIA DE CARIES,E UM, PROJECTO DE GENTE QUE NEM AO BALCÃO CONSEGUE PEDIR UM CAFÉ, POIS NAO O VÊM, BAIXOTE E ALI VAI O PINOQUIO MENTINDO, PISANDO, DEIXANDO ROUBAR, POSICIONANDO AMIGOS DO PEITO EM CHORUDOS EMPREGOS, POIS DE TRABALHO NADA TÊM. ÓDIO PINOQUIO QUE TENHO DE VOCE, QUANTO MAIS MEXES PIOR CHEIRAS.
    FERNANDO | 28.02.2011 | 14.27Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • O trabalho do Sr Soares dos Santos ao fundar, agarrar na queda e reerguer a Empresa são altamente meritórios.Mas acho que se cansou,aliás justificadamente e, com sabedoria, retirou-se do activo para fazer aparições esporádicas.Mas de vez em quando falha.
    Vi e ouvi duas das suas intervenções: uma acerca do PM e outra de um Ministro.Foi infeliz
    O Sr PM tem razão e foi acutilante mas cortês perante uma insuspeitada insolência que não pode ser justificada pela discordância de posicionementos.
    Ficará bem ao Sr Soares dos Santos habituar-se a usar um adequado "senhor" antes do nome ou título de quem quer referir e que lhe não tenha dado confiança para tratar de outro modo. Se não, é pesporrência mal educada que o dinheiro não consegue justificar. Para exercício experimente-se simular a situação inversa !
    Para além disso, parece-me que maior e melhor informação será útil para a convergência de esforços e sacrifícios-ou desabituações-que são necessários.
    sessentaequatro | 24.02.2011 | 20.18Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Concordo plenamente com o FIFI, e já agora Armando, ninguém precisa de ter um diploma de cada assunto de que fala, ninguém tem, existem sim pessoas mais cultas e pessoas menos "informadas" e se o FIFI fala desse assunto é porque, naturalmente, a vida o ensinou.
    Ademais, a vida ensina mais do que qualquer faculdade (sem entrarmos em pormenores técnicos, óbvio) e eu pessoalmente, apesar de discordar inúmeras vezes das suas opiniões, considero o FIFI uma pessoa culta.
    pedro lindo | 24.02.2011 | 19.41Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • É MUITO ENGRAÇADO VER TANTOS RAPA-TACHOS A DEFENDER O PATRÃO. POIS É, ESTÁ POR UM FIO VÃO ARRANJANDO ALTERNATIVAS SENÃO VÃO PASSAR MAL.
    LUIS MOREIRA | 24.02.2011 | 00.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Apenas refiro que as novas correntes da psicologia tendem a desculpabilizar ou desresponsbilizar tudo e todos. Por isso, temos a educação que temos, a justiça e o resto da nossa vida colectiva. Não sou psicólogo porque se o fosse talvez me suicidasse de desgosto por verificar quanto a psicologia contribuiu para a"inimputabilidade" de toda a gente, inclusive dos criminosos.
    FIFI | 23.02.2011 | 21.44Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • FIFI, começo por auto-proclamar ser avesso, por princípio, ao que vou dizer agora. Mas...fraquezas, quem as não tem?!... FIFI, com que curiosidade me deixas em conhecer o teu curriculum escolar...Fala-me de "psicologia moderna"...o que entendes por isso.......?
    armando | 23.02.2011 | 20.55Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Lindos, vejam "Os Abutres": http://www.youtube.com/watch?v=ii_mYc8zaq0
    LINDA | 23.02.2011 | 18.48Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Por acaso,tive a oportunidade de assistir pela TV às declarações do sr.Alexandre Soares dos Santos....e, já na altura ,sua intolerância e agressividade incomodaram......além de tudo o «eu não tenho truques....o Sócrates é que os tem»....impressionou muito mal. A resposta do PM,eng.José Sócrates,foi exemplar........«não basta ser rico....para se ser educado».......O que é uma grande verdade!
    Esperança | 23.02.2011 | 17.02Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Pois é . . . !
    Mas o problemas dos outros . . . !
    É que ele . . . !
    Sabe mais a "dormir" . . . !
    Do que . . . ! Certos "artistas" . . . !
    Acordados . . . !
    alexandre barreira | 23.02.2011 | 13.22Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Soares dos Santos nunca dependeu do Estado? Tem a certeza? Eu não.
    Sócrates mente? Algumas vezes exagera, não duvido.
    Os que o acusam mentem? De certeza absoluta. Caso contrário não passariam a vida a falar nisso.
    alfa | 23.02.2011 | 09.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Sócrates está um pouco como os seus amigos (Kadaffi e Chaves). A única diferença é que ele governa na Europa e os outros não. Concordo que ele já não dá conta das suas mentiras. À luz da psicologia moderna, o conceito de mentira é muito relativo. No fundo, a mentira pode ser a verdade de cada um. Logo a mentira não existe. Quanto ao senhor Soares, Belmiro e outros, todos comeram do tacho. Que se metam nos seus negócios e deixem a política em paz. Para além disso, precisamos é de investimentos produtivos e não para o consumo. Portanto, empresários vocacionados para o consumo dispensam-se, muito embora os mercadinhos do senhor Soares revelem alguma sensibilidade ao preferirem produtos "made in Portugal". Só por isso lhes rendo alguma homenagem. Quanto à boa educação, ela deixou de existir em todos os quadrantes da vida social e política. É o custo da revolução. Ao longo da história, nunca os povos se regularam. Sempre foi necessário a disciplina, a lei e a ordem serem impostas. Daí que o especulador-mor tenha razão ao afirmar que este país precisa de uma nova ditadura.
    A económica já existe e a política não será pior!
    FIFI | 23.02.2011 | 08.48Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE