EDITORIAL

História de Portugal para cada político

20 | 03 | 2011   22.35H
Isabel Stilwell | editorial@destak.pt

Há momentos em que o mundo parece especialmente virado do avesso, mas se puxarmos um bocadinho pela memória, e se mergulharmos umas horas num livro de História, percebemos que é desesperante como os erros se repetem vez e vez sem conta. Como é que é possível que a humanidade, ao longo dos séculos, e apesar de todas as mudanças exteriores, continue tão igual a si mesma, para o bem e para o mal.

Portugal não foge à regra. Basta ler as cartas dos diplomatas estrangeiros em Lisboa, escritas em 1640, nas guerras liberais, nos últimos anos da Monarquia ou na I República, para os ouvir descrever o país da exacta mesma maneira: um país falido, com dívidas até ao pescoço, em que os políticos se digladiam e insultam como se o problema fosse onde gastar o dinheiro e não onde encontrar o dinheiro para gastar, aos de dentro e aos de fora.

Dos relatos dos embaixadores de França, Espanha e Inglaterra percebe-se o mesmo desespero, qualquer coisa como ‘mas como é possível não perceberem que assim não vão a lado nenhum?’.

Os discursos dos dirigentes políticos são também iguaizinhos, sempre num tom muito ofendido, com muitos insultos e insinuações de corrupção e nepotismo, e um desprezo total pelos credores. E o mais estranho é que, invariavelmente, acabam a pedir (fingindo que se limitam a aceitar, contrariados) a ajuda internacional, seja em espécie (apoio militar), seja em diplomacia (acordos e pactos), seja em dinheiro (de preferência um ‘subsídio’, sem juros).

Como esta repetição só se pode dever à ignorância, proponho que se distribua uma História de Portugal a cada deputado e governante. Talvez se envergonhassem quando fazem aqueles discursos de virgens ofendidas e quem sabe se até não ‘tiravam’ umas ideias...

© Destak

17 comentários

  • Dear european agencies for the population health. Please inspect seriously the activity of the flowing website that should be responsable for the continuous presentation of pollution sensors to the public. It stays for hours and sometimes days with no data available, but suddenly data from the past spears available in the charts. It is may be going on some data management activity, perhaps to adjust the levels of pollution to the requirements of European union. Be attentive, please. There are millions of people in the country with severe respiratory problems. Thanks in advance: http://www.qualar.org/INDEX.PHP?page=2
    PLEASE HELP | 23.03.2011 | 14.11Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Realmente o que se tem passado ao longo da
    nossa história: tem dado aso a que os diplomatas estrangeiros verifiquem e digam que este povo é burro: eu direi, mas a culpa não terá
    sido das classes dirigentes? Pois estes o exemplo que dão é o de inércia e também de se irem governando descaradamente desde há 400 anos...
    Antonio Deodato Batista Milhano | 23.03.2011 | 09.18Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • És burro, PRETO DE MERDA! Toma lá uma entrevistas para te cultivares e ver se pelo menos entendes o que esles estão a dizer: http://www.youtube.com/watch?v=vuR5FgbTgaE
    EDUCA-TE | 23.03.2011 | 08.15Hver comentário denunciado
  • Todos os presidentes americanos fazem a sua guerra e este BARROTE QUEIMADO, lá foi fazer a dele à libia! mas arranjou logo colegas palhaços aqui da Europa, caso do piriquito francês , o palhaço da itália e o lambe piças de espanha. Nós aqui que estamos a ser fodidos por todos os capitalistas da europa, se chegarmos a ter petrólio lá para Torres Vedras, ou o caraças, então é que estamos fodidos, mas com letra grande, que o preto catingoso, nos salta logo em cima, ainda se fosse com a mula da preta, vai que não vai, pois pelo manos , era uma fo** negra de todo!
    preto de merda | 22.03.2011 | 23.19Hver comentário denunciado
  • tem altenativa? tem ideias divergentes ás q enunciou?..então cale-se! prq treinadors d bancada já nos sossobram.. dedique-ss á prosa infantil e deixe-ss d enressabianssos.
    rp | 22.03.2011 | 22.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Olhai como os porcos actuam: http://www.youtube.com/watch?v=voRAwVKx5X4
    TPI | 22.03.2011 | 20.53Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • quém me déra viver no ano 1690 e saber o que sei hoje.
    1972 | 22.03.2011 | 19.48Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Isso que escreve é do senso comum, pelos menos sempre me ensinaram que a história se repete, e é verdade.
    Como sempre digo, "se queres saber o futuro estuda o passado".
    pedro lindo | 22.03.2011 | 16.41Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Quando caem aviões dos USA não se dá notícias, ó AGRADECIDOS. Disfarça-se e muda-se de conversa para agradar a alguns. Fala-se de música, de concertos, de sexualidade, de futebol, de curiosidades, mas de que ontem à noite caiu um F-15 americano na Líbia nem pensar. As pessoas não têm o direito de serem informadas disso. Só têm o direito de serem informadas de outras coisas.
    PRIMEIRO F-15 A PIQUE | 22.03.2011 | 12.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • A senhora não dá notícias sobre o ataque à Líbia? Porquê? Alguém lhe disse que não devia fazê-lo? Aqui fica mais informação a que os cidadãos de uma democracia esclarecida têm direito: http://www.youtube.com/watch?v=Yp0rIPszSQ4&NR=1
    AGRADECIDOS | 22.03.2011 | 10.52Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Tribunal Internacional de Crimes de Guerra para os agressores da Líbia, por favor!
    TICG | 22.03.2011 | 10.25Hver comentário denunciado
  • Vejam vídeo da aljazeera e sigam o que dizem os interessantes comentários: http://www.youtube.com/watch?v=1hfgmwl6jp0
    CÃES | 22.03.2011 | 10.05Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • ___ Cara Dr.a Isabel Stilwell ! ...de facto: não aprendemos nada com a História de Portugal, com a História Universal, com a História dos outros Países, com a História das Migrações! com os erros do passado! (passado e recente) Nem com a Hist´ria Biblica e pelos «recados» que nos foram deixados desde há mil anos. E era importante que recordassemos algumas coisas. Vou tentar ser breve (que é coisa muito difícil para mim). ___ Na Idade Primitiva o Homem tomava as coisas pela força sempre que encontrava resistência ou era hostilizado. (o que era difícil: convenhamos! mas deveria ser assustador) Seguiu-se-lhe a Idade Comunal, por a Natureza Humana do Ser Humano, sentir necessidade de afectos, de se juntar e entender. ___ Daí resultou o primeiro entendimento de que aos Seres Humanos tudo era permitido desde que aceitasse o Seu Semelhante. E quando não se entendiam (repito: quando não se entendiam) lutavam para impôr as suas razões e estabelecer o Poder do mais forte. ___ Daí que ...nascessem os feudos e a Idade Feudal. Com a Idade Feudal estabeleceram-se as primeiras Ordens e nasceram os Senhores. E assim até aos Nossos Dias, as primeiras Regras e Leis da Monarquia, representam também o afloramento da actual democracia: dimanada de cima para baixo! ___ Já naquela altura deveria haver falta de Mão-de-Obra barata entre a População (os Povos sempre disponíveis a aventuras, a lideranças, ocupação de terras e a pilhagens, feitas em nome dos seus interesses e dos Senhores), razão para as lutas travadas entre eles (para impedirem a extorsão dos Senhores). ___ Daí ao Esclavagismo foi um passo! ...e nasceu a Idade Esclavagista. ___ Sempre que faziam uma incursão e invasão por terras inóspitas, indígenas, e do «inimigo» (adversário), para além das riquezas usurpadas, traziam pela força quem encontravam e punham a trabalhar para si (casa! cama! comida! e que cada um tratasse de si). O GRANDE CAPITAL NACIONAL E INTERNACIONAL íria adorar voltar a submeter e escravizar os Povos de todo o Mundo. ___ Mas nem tudo era mau. Entre viver «na selva» e partilhar entre si o que os Senhores lhes davam: atenção! protecção! terra e gado, para cultivarem e cuidarem (para si e para os Senhores) ! muitos foram-se adaptando, aprendendo, cuidando e reivindincando para si , e para os seus, ...mais direitos, uma melhor distribuíção da produção e melhores condições de trabalho. ___ Nasciam assim as Sociedades. ___ Da Idade Feudal à Monárquica e desta à Capitalista, foi um passo. ___ Foram tempos «gloriosos» o das conquistas! ...mas mais foi o das Descobertas! ___ Todas as Idades e Sociedades deram o seu contributo à evolução da Espécie Humana e da Civilização. ___ Mas, ...não a qualquer preço! ___ Pelo caminho foram LEGISLANDO e garantindo a ocupação, invasão, apropriação e ingerência, perpretada (daí para a frente) em Nome da Civilização Ocidental (em Nome do Grande Capital). ONTEM como HOJE !!!!! Acontece que em Nome da Estabilidade e Crescimento (hão-de inventar outros nomes), primeiro: paulatinamente! ...agora, de forma mais descarada: vão ajustando as leis aos seus interesses e promovendo as novas formas de escravatura. ___ A sua ambição leva-os a cometer crimes contra a Humanidade, ingerindo-se nos assuntos internos dos Países, e invadindo-os se necessário. ___ Pelo caminho ficam todas as Promessas de melhor vida para todos os Povos do Mundo. ___ De uma vez por todas, será que não dá para perceber que o Crescimento Cultural e Educacional dos Povos de Todo o Mundo, nos conduz para uma situação em que Todos vamos ter de trabalhar e partilhar o que produzimos (tal como na Era Comunal). ___ E que esta saída nos garantirá a sobrevivência da Humanidade e do Planeta Terra (!!!!). ___ O único problema está em saber se antes O Grande Capital não destruirá tudo o que até aqui se construiu, e à destruíção do Planeta e da Humanidade.
    serafim cunha | 21.03.2011 | 20.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • D.Isabel como eu lhe dou razão, que a História razão tem...andamos sempre, mas sempre como o macaco; umas vezes pulando outras encarrapitado nas árvores, outras de cócaras e ainda outras de costas nochão(derrubados), mas andamos sempre com a mania dos feitos do passado. O presente com vistas ao futuro é que interessa, preocupo-me com o futuro dos que vêm aí, a filharada...as gerações próximas.Andamos sempre,afinal à rasca...
    Jose Sobral Ribeiro | 21.03.2011 | 16.30Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • SENSOS 2011: Há cada vez mais gente com suspeitas de que estes sensos possam estar a ser utilizados para recolha de informação suplementar e não relevante para um processo como o sensos. Por exemplo, pedem nome completo às pessoas, quando não o deviam fazer pois a identidade da pessoa não deve entrar par uma estatística de população. Segundo, pedem que as pessoas digam montantes de dinheiro que pagam sobre rendas de casas ou prestações a bancos e etc., quando isso é também irrelevante do ponto de vista de uma estatística de população. E há muitos mais aspecto que parecem representar uma certa tentativa de abusar da boa fé e ingenuidade das pessoas, mas que depois de terem os dados ficam com eles. Há também a questão levantada por alguns que é a de saber-se, antes do preenchimento dos papéis, quem é a EMPRESA responsável pelo TRATAMENTO de dados desse projecto, que parece não estar ainda bem definido. As pessoas têm todo o direito à confidencialidade, pois este sensos deve servir para uma catalogação da população do país e não para a catalogação das pessoas do país. CENSOS | 21.03.2011 | 13.08H
    IMPORTANTE | 21.03.2011 | 14.37Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Repare-se que desde ontem para hoje a guerra da líbia deixou de apareceu com destaque na maioria dos jornais? Adivinhe-se porquê: há cada vez mais lideres a colocarem-se contra a agressão USA+UK, e os próprios cidadãos dos vários países ocidentais estão a revoltar-se. Serão agora as revoltas ocidentais? E será que alguém vai entrar por aí adentro com aviões e bombardear os edifícios militares dos nossos regimes? Esperemos que não. Contudo, é interessante constatar que, apesar da brutalidade, cada vez mais tudo sai errado aos verdadeiros criminosos. Mas eles não desistem, por ódio ao Kadafi e ambição a roubarem-lhe o petróleo. Propaganda para os cidadãos da líbia?, que hoje vinha na internet: http://audioboo.fm/boos/307814-usaf-ec-130j-steel- 74-transmitting-on-6877-0-khz-libya-20-march-2011
    ODIO&PETROLEO | 21.03.2011 | 12.37Hver comentário denunciado
  • Muito bem, cara Isabel . . . !
    Mas repare . . . !
    Se analisar-mos a nossa história . . . !
    A fundo . . . !
    Chegamos à conclusão . . . !
    Que afinal o "botas" . . . !
    Não foi assim tão "cruel" . . . !
    Como o "pintam" . . . !
    Mas até é verdade . . . !
    Cada um conta a história . . . !
    À sua maneira . . . !
    Ou interesse . . . !
    alexandre barreira | 21.03.2011 | 07.07Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE